Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Agosto de 2018 | 18h16 - Actualizado em 30 Agosto de 2018 | 18h16

MOSAP II com AKz 400 milhões para agricultura familiar

Malanje - Quatrocentos e 62 milhões, 668 mil e 920 kwanzas estão disponíveis para 38 subprojectos de apoio à agricultura familiar em seis municípios de Malanje, no âmbito da campanha agrícola 2018/2019, a ser aberta em Setembro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Enquadrado no Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP II), o valor destina-se a preparação de 285 hectares e aquisição de sementes de mandioca, batata, feijão, repolho e tomate para mil e 984 famílias dos municípios de Malanje, Cacuso, Caculama, Kiwaba Nzoji, Cambundi-Catembo e Calandula.

Segundo com uma nota de imprensa do programa a que a Angop teve hoje acesso, do valor a ser financiado, 346 milhões, 493 mil e 920 kwanzas representa a contribuição do MOSAP, enquanto os restantes 116 milhões 175 mil é comparticipação das comunidades beneficiárias.

O MOSAP II é um projecto do Ministério da Agricultura e Florestas, implementado pelo IDA (Instituto de Desenvolvimento Agrário) e financiado pelo Banco Mundial, governo de Angola e os próprios beneficiários.

Tem por objectivo aumentar a produtividade, produção e comercialização da agricultura de pequena escala, com enfoque para as culturas da mandioca, milho, feijão, batata e hortaliças.

Leia também
  • 30/08/2018 10:21:41

    Brent abre em alta em Londres

    Londres - O barril de petróleo Brent para entrega em Outubro abriu nesta quinta-feira em alta no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 77,62, variação de 0,16 em relação ao fecho da sessão anterior.

  • 29/08/2018 19:20:38

    Angola com uma empresa certificada em anti-suborno

    Luanda - Apenas uma empresa do ramo petrolífero em Angola tem a certificação ISO 37001 (Sistemas de Gestão Anti-suborno, que visa suportar as organizações na sua luta contra a corrupção), de acordo com a presidente da World Compliance Association-Capítulo Angola, Andrea Moreno.

  • 29/08/2018 12:25:48

    PIB do 1º Trimestre de 2018 decresce 2,2%

    Luanda - O Produto Interno Bruto (PIB) angolano registou, no primeiro trimestre deste ano (2018), um decréscimo de 2,2% em relação ao 1º trimestre de 2017.