Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

29 Agosto de 2018 | 11h42 - Actualizado em 29 Agosto de 2018 | 11h41

Mais de duas mil famílias inqueridas no Cuanza Norte

Ndalatando - Duas mil e 548 famílias foram inquiridas, de Março a Julho último, na província do Cuanza Norte, durante a primeira fase do Inquérito Sobre Despesas, Receitas e Emprego em Angola (Idrea), pelos serviços locais do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada nesta terça-feira, à imprensa, em Ndalatando, pelo responsável do INE no Cuanza Norte, António Vicente, indicando que o questionamento abrangeu os 10 municípios da província.

Esclareceu que, durante o inquérito, foram recolhidos dados sobre as características sociodemográficas, registo de nascimento, educação e formação profissional, saúde, emprego, habitação, segurança alimentar e nutricional dos agregados familiares.

Referiu que o resultado do Idrea ajudará o Executivo a programar melhor as receitas financeiras no sentido de resolver os problemas mais prementes das populações, visando a melhoria das condições de vida das mesmas.

Segundo António Vicente, a segunda fase Idrea arrancou segunda-feira em Ndalatando, visando abranger um maior número de famílias, para um melhor apuramento sobre os rendimentos, gastos e emprego dos seus membros.

Referiu que nesta fase, com a duração de 45 dias, serão inquiridas as populações do município de Cazengo, sede da província do Cuanza Norte, nas comunidades de Carianga, Coqueiros e Sassa.

A nível da província estão selecionadas 72 secções, com um mínimo de 124 habitações cada, para o inquérito, das quais 36 foram já inquiridas na primeira fase que decorreu de Março a Junho deste ano.

Duas equipas, constituídas por cinco técnicos, entre supervisores e inquiridores, asseguram o processo.

O inquérito permitirá ainda produzir estatísticas oficiais sobre a força de trabalho nacional comparáveis a nível regional e internacional.

Leia também
  • 01/11/2018 12:04:18

    Ndalatando ganha nova unidade hoteleira de três estrelas

    Ndalatando - Um hotel de três estrelas com 120 quartos foi inaugurado hoje, quarta-feira, em Ndalatando (Cuanza Norte), reforçando a oferta de serviços hoteleiros na região, em cerimónia orientada pela vice-governadora provincial para o sector político, social e económico, Leonor Ferreira da Silva de Lima e Cruz.

  • 31/10/2018 19:13:54

    Aquicultores clamam por apoios da banca na produção de peixe

    Dondo - Os aquicultores da província do Cuanza Norte defenderam, terça-feira, no Dondo, município de Cambambe, o envolvimento dos bancos comerciais no financiamento aos programas de fomento da aquicultura no país.

  • 27/10/2018 22:11:46

    Cuanza Norte: Sector agrícola beneficia de mais de 200 milhões de euros

    Ndalatando - Duzentos milhões de euros deverão ser disponibilizados pelo Governo Francês, a partir do próximo ano, para apoiar vários projectos da agricultura familiar em sete províncias do País, afirmou neste sábado, em Ndalatando, o embaixador francês em Angola, Sylvain Itté.

  • 27/10/2018 12:13:41

    Cuanza Norte: Destacado papel do sector agrário para a sobrevivência humana

    Ndalatando - A vice- governadora para o sector político, social e económico do Cuanza Norte, Leonor da Silva de Lima e Cruz, considerou, sexta-feira, na localidade de Canaúlo, município de Golungo Alto, o sector da agricultura como um dos garantes do desenvolvimento do país.