Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Agosto de 2018 | 13h26 - Actualizado em 30 Agosto de 2018 | 13h26

Mini-hídrica reforça capacidade energética na Ganda

Ganda - O fornecimento de energia eléctrica ao município da Ganda, província de Benguela, pode melhorar a médio prazo, com a finalização das obras em curso, de reabilitação e ampliação da capacidade de produção de uma mini-hídrica local, de 1,5 para 4 megawatts, cuja execução está na ordem dos 85 porcento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Vista parcial do município da Ganda

Foto: clemente dos santos

A obra está localizada na antiga fazenda Sisalana, iniciou em Junho último e, caso não haja imprevistos do ponto de vista financeiro, termina no mês de Dezembro próximo, informou o encarregado da mesma, Cristóvão Pedro Wask.

A primeira fase da empreitada, concebida pela Administração Municipal da Ganda, consistiu no desassoreamento da albufeira e limpeza da tubagem, melhoria das comportas reguladoras do sistema e nalguns acabamentos.

A segunda fase, também já concluída, consistiu na recuperação da albufeira, alinhamento das águas para as represas, melhoria da estrutura de betão e da capacidade hídrica paras turbinas.

Neste momento, a obra encontra-se na sua terceira fase de execução, com os acabamentos da linhagem da água, culminando com a montagem da turbina.

“Caso haja verba, avaliada no equivalente a 800 mil dólares  para aquisição de turbinas, até Dezembro o projecto estará concluído”, disse Cristóvão Wask.

O responsável adiantou que mais uma empresa será contratada pela administração local, posteriormente, para trabalhar na transportação da energia eléctrica, desde a mini-hídrica até a sede municipal, assim como velar pela instalação de postos de transformação.

Posteriormente, disse, serão criadas condições para conclusão do sistema, esperando-se o fornecimento de energia aos bairros periféricos da cidade e a alguma indústria, bem como ao município da Ganda.

Entretanto, encontra-se igualmente em execução, no município da Ganda, o projecto de construção de uma central térmica de 4800 KVA, cujas obras estão numa fase adiantada, devendo entrar em funcionamento em Novembro próximo.

A central térmica, com dois grupos geradores de 120 KVA cada, terá quatro postos de transformação. A unidade será abastecida por dois tanques de combustível de 40 mil litros cada.

As obras, iniciadas em Maio do ano transacto, consistem na instalação do sistema de produção de energia eléctrica a partir da central térmica, instalação de linhas de condução, iluminação pública, ligações domiciliares com os sistemas de pagamento pré e pós pago.

Entretanto, 28 estudantes do 4ª ano do curso de engenharia mecânica do Instituto Superior Politécnico da Universidade Katiavala Bwila (UKB) em Benguela, inteiraram-se, nos últimos cinco dias, da montagem daquela mini-hídrica.

Na ocasião, foi assinado um protocolo de cooperação entre o empreiteiro e a UKB, para promoção de aulas práticas aos estudantes na área de projectos de produção de energia, através do sistema hídrico.

 

Leia também
  • 30/01/2019 11:18:42

    Agentes económicos informados sobre programa de apoio à produção nacional

    Ganda - A classe empresarial do município da Ganda, província de Benguela, foi informada, nesta terça-feira, sobre as linhas de orientação para o apoio à produção nacional, cadastramento de produtores, sua localização e espécie de produtos a produzir, assim como o pessoal envolvido no processo.

  • 30/01/2019 11:09:29

    Camponeses da Canjala e Egipto Praia apreensivos por falta de chuva

    Lobito - Os camponeses das comunas da Canjala e do Egipto Praia, interior do município do Lobito, na província de Benguela, mostram-se apreensivos devido à falta de chuva na região, o que poderá comprometer o desenvolvimento da campanha agrícola 2018/2019, apurou hoje a Angop.

  • 28/01/2019 13:31:49

    Benguela: Extensão da rede mercantil nas prioridades do sector do Comércio em 2019

    Benguela - A abertura de um Centro Logístico de Distribuição (Clod) no município da Catumbela, para atender a região Sul do país, e de lojas da rede “Poupa Lá” na cidade da Ganda, constam das prioridades da direcção provincial de Benguela do Comércio, Indústria e Recursos Minerais para este ano.

  • 21/01/2019 19:31:31

    Descapitalização dos agricultores condiciona reactivação de fazendas agrícolas

    Ganda - Das cento e 67 fazendas agrícolas controlados actualmente no município da Ganda (Benguela), apenas seis foram reactivadas, devido a alegada descapitalização dos agricultores, informou hoje, segunda-feira, o director do Gabinete Provincial da Agricultura e Florestas, José Gomes Silva.