Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

04 Setembro de 2018 | 19h13 - Actualizado em 05 Setembro de 2018 | 19h12

Ministro encoraja famílias a produzir café e cacau

Cabinda - O ministro da Agricultura e Florestas, Marcos Alexandre Nhunga, encorajou as famílias camponesas e os grupos organizados em pequenas e médias empresas em Cabinda a apoiar o projecto de Cadeias de Valor Agrícola na produção do café, palmar, cacau e cajú.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cabinda é uma região com grande potencial para a produção de café

Foto: Domingos Nicolau

Ministro da Agricultura e Florestas -Marcos Alexandre Nhunga

Foto: Pedro Parente

Marcos Nhunga disse que essa iniciativa vai no futuro criar rendimentos no seio das famílias e riqueza junto das comunidades.

Para além das culturas de comercialização, o projecto vai ainda proporcionar melhorias nas infra-estruturas de produção, conservação, armazenamento, processamento e comercialização de culturas alimentares como a Mandioca, banana, batata-doce, amendoim, feijão, à pesca marítima e pluvial, horticultura e à criação de pequenos ruminantes.

O projecto prevê benefícios como a reabilitação de estruturas de transporte de água e formação aos actores da cadeia de valor em matérias técnicas e de gestão.

Melhorará igualmente os serviços de extensão agrícola, construção de infra-estruturas rurais, centros de processamento agro-pecuário, centros de saúde comunitários, escolas primárias , melhoria ao acesso rural e da energia nas comunidades.

O projecto, que será implementado ainda este ano nos quatro municípios da província de Cabinda (Cabinda-sede, Cacongo, Buco-Zau e Belize), vai beneficiar directamente 51 mil  pequenos proprietários, 14 empresários, incluindo associações  empresariais, que prestem serviços aos produtores e processadores.

Todas acções em volta do projecto poderão criar pelo menos 27 mil  novos postos de trabalho.

Para além de Cabinda, o projecto, financiado pelo Banco de Desenvolvimento Africano (BAD) disponibilizou 123 milhões e 150 mil e 580 dólares, vai estender-se às províncias do Uíge, Zaire, Kwanza-Norte, Bengo, Benguela, Huambo, Bié, Moxico, as Lundas Norte e Sul, Huíla, Namibe, Cunene e Kuando-Kubango.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 31/10/2018 13:27:03

    Conferência sobre investimento marca dia Mundial da Poupança

    Cabinda - Uma conferência sobre Poupança e Investimento, numa promoção da direcção Regional do Banco Nacional de Angola (BNA) em Cabinda, no âmbito da Educação Financeira, marcou hoje, nesta cidade, as actividades em alusão ao dia Mundial da Poupança.

  • 29/10/2018 18:43:22

    AGT apreende mais de 900 bidons com petróleo iluminante

    Cabinda - Novecentos e cinquenta bidons, com capacidade para 25 litros cada, com petróleo iluminante foram apreendidos nos últimos dias pelo piquete do Posto Aduaneiro do Piquete de Massabi, município de Cacongo, por contrabando para República do Congo Brazaville.

  • 29/10/2018 18:28:53

    Jornalistas em seminário sobre economia e finanças

    Cabinda - Jornalistas de órgãos públicos e privados da Comunicação Social na província de Cabinda participam a partir de hoje (segunda-feira), nesta cidade, num seminário de capacitação sobre economia e finanças, promovido pelo Ministério das Finanças.

  • 26/10/2018 13:18:12

    Cabinda prevê produz 500 mil toneladas de produtos diversos

    Cabinda - A província de Cabinda prevê produzir 500 mil toneladas de produtos diversos durante a campanha agrícola 2018/2019, aberta quinta-feira, em acto decorrido na localidade de Mandarim, município de Cacongo, orientado pelo vice-governador para área económica, Romão Macário Lembe.