Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Setembro de 2018 | 16h48 - Actualizado em 11 Setembro de 2018 | 16h48

Direcção da agricultura em Icolo e Bengo pretende criar Banco de Dados

Icolo e Bengo - A direcção da agricultura, pecuária e pesca do município de Icolo e Bengo pretende criar um Banco de Dados para conhecer melhor o índice de desenvolvimento agrícola local e fortalecer os laços com a classe empresarial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável da agricultura, pecuária e pesca, João Domingos, em declarações à Angop a margem do acto de empossamento de novos directores municipais, disse que  pretende auxiliar as associações e cooperativas agrícolas para o fomento da produção.

João Domingos reconhece que um esforço deve ser feito para que os produtos do campo sejam escoados, pois a falta de escoamento da produção agrícola, a partir das áreas de cultivo, tornam difícil a sua comercialização e a obtenção do lucro.

Por seu turno, o director do comércio, Jacinto António, realçou que a prioridade será para a mobilização do empresariado local, dos grandes e pequenos comerciantes, instruindo-os para o pagamento dos impostos e taxas.

Entretanto, acrescentou, a  intenção é trabalhar para que do ponto de vista económico e financeiro, a arrecadação seja um pressuposto real que possa aumentar as receitas locais.

Já o responsável da fiscalização, João Manuel André, explicou que a administração vai  trabalhar no sentido de cooperar com as forças de segurança pública no  combate aos  grupos organizados que continuam a expropriar as terras dos camponeses.

Fez saber que existem famílias camponesas actualmente sem terras, pois grupos organizados continuam a ocupar os terrenos, assim como mobilizar os habitantes para não construírem sem autorização da administração local.

O administrador municipal de Icolo e Bengo, Noivito Agostinho Pedro presidiu o acto de empossamento dos directores municipais da saúde, comércio, fiscalização, agricultura e dos directores geral e clínico do hospital de Catete.

Icolo e Bengo, é um município com uma densidade populacional estimada em 81 mil 144 habitantes que vivem numa extensão territorial de 3.309.7 quilómetros quadrados, divididos em dois distritos urbanos, nomeadamente, Catete e Bela Vista e cinco comunas, Cabíri, Bom Jesus, Quiminha,Cassoneca e Caculo Cahango.

Leia também
  • 11/09/2018 07:07:30

    AEBRAN promove fórum económico sobre Agronegócio

    Luanda - Um fórum económico subordinando ao tema ?Desenvolvimento do Agro negócio, Desafios e Perspectivas?, realiza-se a 12 de Setembro, em Luanda, numa iniciativa da Associação de Empresários e Executivos Brasileiros em Angola (AEBRAN).

  • 08/09/2018 09:01:27

    Camponeses do Guenguela insatisfeitos com exigências para loteamento de terra

    Luanda - Os camponeses do distrito do Guenguela, município de Belas, em Luanda, estão insatisfeitos com as exigências da administração local para o loteamento de terrenos, que utilizam há mais de 30 anos para a prática da agricultura.

  • 07/09/2018 18:12:57

    IRSEA e INRH assinam protocolo sobre recursos hídricos

    Luanda - Um protocolo de partilha de dados sobre a utilização dos Recursos hídricos foi assinado hoje, em Luanda, entre o Instituto Regulador dos Serviços de Electricidade e Água (IRSEA) e o Instituto Nacional dos Recursos Hídricos (INRH).