Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Setembro de 2018 | 19h06 - Actualizado em 11 Setembro de 2018 | 19h06

Kwanza com nova depreciação face ao Dólar

Luanda - O Kwanza sofreu, nesta segunda-feira, uma depreciação de 5,045 face ao Dólar norte-americano, que actualmente custa 285,845 kwanzas (AKz), contra os 280,8 cotados no último leilão de venda de divisas feito pelo Banco Nacional de Angola (BNA).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cédulas monetárias

Foto: Angop

A depreciação da moeda nacional ocorreu em mais uma sessão de leilão de venda de divisas aos bancos comerciais, efectuado pelo BNA, que colocou no mercado primário o montante de USD 40 milhões para a cobertura de operações de natureza comercial e privada em posse dos bancos comerciais e em conformidade com a regulamentação cambial vigente.

Neste leilão, onde foi apurada a taxa de câmbio de referência de AKz 285,845 por Dólar, a cotação do Kwanza face ao Euro não se alterou, mantendo-se nos AKz 329,537 por cada Euro.

Contribuíram para o apuramento da taxa de câmbio de referência 17 bancos, tendo a taxa mais alta sido de AKz 286,450 e a mais baixa de AKz 285,310 por Dólar, segundo  uma nota publicada no site do BNA.

Nesta sessão, a terceira deste mês, os bancos Sol e BCI lideraram este leilão, tendo cada um arrecadado cinco milhões de dólares, respectivamente.

No âmbito do calendário de vendas de divisas no mês de Setembro, o BNA irá proceder à venda do equivalente a USD 700 milhões, incluindo plafonds para cartas de crédito, por via de oito leilões que terão lugar as segundas e quarta-feira.

De acordo com o Banco Central, o montante, moeda e finalidades serão anunciados aos bancos comerciais nas 24 horas que precedem a realização de cada leilão.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.