Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Setembro de 2018 | 19h21 - Actualizado em 14 Setembro de 2018 | 19h21

Reserva estratégica de petróleo do país ainda sem definição

Luanda - Angola ainda está por definir a sua reserva estratégica de petróleo, como reserva de segurança, em termos de quantidade e tempo de armazenamento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Tendo em conta esta realidade, o Instituto Regulador de Derivados do Petróleo (IRDP) está a trabalhar com os operadores do sector petrolífero para definir qual será a reserva de segurança a ser definida como reserva estratégica, disse hoje o seu director Albino Ferreira.

Albino Ferreira, que dirige o IRDP há dois meses da sua entrada em funcionamento, fez essas declarações no final de uma visita às principais instalações da Sonangol Logística na província de Luanda.

A respeito do assunto, o administrador para Área Comercial da Sonangol Logística, Dionísio da Rocha Júnior, disse, durante a visita ao Terminal Marítimo (Temar), que deve ser revisto os tempos de reservas estratégicas.

Actualmente trabalham com um tempo de 15 dias de reservas, mas a determinação do horizonte temporal, segundo o gestor, carece de uma definição.

O responsável disse que no tempo do conflito armado havia sido estabelecido uma reserva estratégica, mas nesse contexto de paz não se definiu.

A Sonangol Logísitica tem uma capacidade de armazenamento flutuante ( no mar) de combustíveis de 335 mil metros cúbicos, correspondente a 48,3 porcento, e 358 mil e 511 mil metros cúbicos em terra (51,7%)  de todos produtos.

Assuntos Economia   Petróleos  

Leia também
  • 14/09/2018 18:03:33

    Cabinda deixa de ter problemas de combustíveis

    Luanda - As restrições no fornecimento de combustíveis à província de Cabinda serão definitivamente resolvidas com a recuperação de um navio avariado e a aquisição de uma monoboia pela Sonangol, disse hoje o director de operações da Sonangol Logística, Inocêncio Ganda.

  • 14/09/2018 15:53:49

    BODIVA apresenta curva de rendimentos do mercado

    Luanda - A curva de rendimentos do mercado angolano, gráfico que ilustra a relação entre os lucros dos títulos e o tempo de vencimento, começa a ser divulgada, a partir desta sexta-feira, pela Bolsa da Dívida de Valores de Angola (BODIVA), com vista a promover maior concorrência dos intermediários financeiros.

  • 14/09/2018 15:34:39

    Agricultura passa gestão do projecto avícola às FAA

    Malanje - Oitenta naves de criação de pintos, das 120 espalhadas pelos oito aviários dos municípios de Cacuso e Calandula, instaladas em 2012, no âmbito do Projecto de Avicultura Orientada para o Mercado, serão geridas a partir de agora pelas Forças Armadas Angolanas (FAA), com base num protocolo assinado nesta quinta-feira.