Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

20 Outubro de 2018 | 03h16 - Actualizado em 19 Outubro de 2018 | 23h59

Angola: Conselho nacional empresarial juvenil aposta na formação dos filiados

Luanda- O Conselho Empresarial Juvenil de Angola (CEJA) aposta no apoio de jovens empresários e empreendedores filiados nesta agremiação, com a promoção de seminários de capacitação e a sua integração no sector.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O presidente desta agremiação Adilson Neto, que tomou posse, sexta-feira, garantiu trabalhar com as associações, para constatar as principais dificuldades que os membros enfrentam e procurar soluções para as mesmas.

Cooperar  com os  organismos  nacionais ligados  aos  ramos  económico, social e  cultural,   foi  outro compromisso assumido, por  Adilson Neto, durante a tomada de posse.

Quanto ao fórum económico e social que  o município de Viana vai realizar  no mês de Dezembro, Adilson Neto frisou que este evento vai poder capacitar os vários empresários que prestam o seu contributo nesta circunscrição.

Por sua vez, o  presidente da Confederação Empresarial de Angola (CEA), Francisco Viana,  enalteceu a iniciativa dos jovens empresários pela criação desta associação e incentivou na concretização dos objectivos que pretendem almejar.

O CEJA é uma associação constituída por entidades singulares dotadas de personalidades jurídicas e sem fins lucrativos e rege-se por estatutos próprios com autonomia administrativa e financeira.

Está agremiação tem como vice-presidente, Alexandre Pedro e Miller Tecas assumi o cargo de secretário-geral.

A mesa de assembleia é presidida por Emídio Cachitono, enquanto Constantino Correa é o presidente do conselho fiscal.

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.