Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Janeiro de 2019 | 17h28 - Actualizado em 24 Janeiro de 2019 | 17h28

Apicultores projectam aumentar produção de mel

Cuemba - Pelo menos 563 mil litros de mel serão produzidos este ano pelos apicultores do município do Cuemba, província do Bié, mais 61 mil em relação a 2018.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o director da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA), no Cuemba, Azevedo Saliunga, que falava hoje à Angop, a colheita de mel projectada só sofrerá alterações caso a região receba fortes chuvas, pois a queda constante de chuvas dificulta a produção.

Para este ano foram lançadas mais de 120 mil colmeias controladas por 400 apicultores envolvidos na actividade a nível do município.

Além das colmeias rudimentares (fabrico caseiro), o governo da província procedeu igualmente, nos últimos dois anos, à entrega em pequenas quantidades de algumas colmeias modernas.

Referiu que a colheita é processada em três épocas do ano, sendo a primeira entre os meses de Maio e Junho, segunda de Julho a Setembro, sendo a última que vai até Dezembro.

O mel produzido no município do Cuemba tem sido comercializado nas províncias de Luanda, Huambo e Moxico. Outra parte tem sido exportada para África do  Sul, França e  Brasil.

Entretanto, Azevedo Saliunga pediu das autoridades da província do Bié mais incentivos, sobretudo facilidades na aquisição de meios apropriados (mascaras, fatos, botas e luvas) e equipamentos de processamento, de modo a facilitar o trabalho dos apicultores.

O município do Cuemba, província do Bié, é considerado actualmente como maior produtor do mel, a par dos municípios do Chitembo, Andulo e Camacupa.
 


 

Assuntos Economia   Província » Bié  

Leia também
  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.

  • 01/02/2019 20:07:05

    Construção da barragem de Baynes estimada em USD 1,2 mil milhões

    Cacuso - A construção da barragem hidroeléctrica Binacional de Baynes, com início previsto para 2021, no rio Cunene, fronteira entre Angola e a Namíbia, está estimada em 1,2 mil milhões de dólares, avançou hoje (sexta-feira), em Malanje, o ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges.