Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Janeiro de 2019 | 13h02 - Actualizado em 24 Janeiro de 2019 | 13h02

INCA distribui 20 mil mudas de café arábica

Huambo - Vinte mil mudas de café arábica, das 50 mil previstas, foram distribuídas, nos últimos três meses, a 84 produtores da província do Huambo, pelo Instituto Nacional do Café (INCA), no cumprimento das políticas de diversificação dos produtos exportáveis.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Planta de Café

Foto: Foto divulgação

A informação foi prestada hoje, quinta-feira, à ANGOP, pelo director do Gabinete local da Agricultura, Abrantes Carlos, tendo referindo que as plantas fornecidas gratuitamente aos agricultores e algumas famílias camponesas são provenientes da vizinha província do Cuanza Sul.

Nesta perspectiva, o responsável anunciou, para breve, a transferência do viveiro do Cuanza Sul para a província do Huambo, particularmente no município da Caála, numa zona que poderá ocupar entre dois a cinco hectares de terra, pelo facto de as plantas do café arábica se desenvolverem com maior rapidez em zonas de altitude (está acima dos mil metros), contra os 800 da região do Cuanza Sul.

A intenção, segundo o responsável, é tornar a província, a médio prazo, numa das grandes produtoras de café arábica no país.

Abrantes Carlos explicou que o incentivo à produção cafeícola no Huambo faz parte da estratégia nacional de diversificação dos produtos exportáveis. O seu cultivo no país está dividido em duas zonas, sendo a norte destinada para o café robusta e a região sul a arábica, de maior cotação no mercado internacional, em função da sua qualidade.

Informou que, apesar de não existirem na província do Huambo fazendas que se dedicam exclusivamente ao cultivo deste produto, a instituição pretende contar, numa primeira fase, com 200 agricultores e 150 famílias camponesas, visto que a cultura do café, sobretudo arábica, embora não exija muitos gastos, pode levar três anos, situação que não contribuir para rentabilização imediata das famílias, tal como acontece com milho e o feijão.

A província do Huambo, situada no centro sul de Angola, tem uma extensão territorial de 34.270 quilómetros quadrados e uma população estimada em dois milhões e 319 mil habitantes distribuídos nos municípios do Huambo, Caála, Bailundo, Chicala-Cholohanga, Cachiungo, Mungo, Ecunha, Longonjo, Chinjenje, Londuimbali e Ucuma.

Assuntos Café   Província » Huambo  

Leia também
  • 02/02/2019 10:08:20

    Huíla: Caluquembe colhe 15 toneladas de café arábico em 2018

    Caluquembe - Quinze toneladas de café arábico foram colhidas no ano agrícola de 2018 no município de Caluquembe, província da Huíla, registando um aumento de mais sete toneladas em relação a 2017, anunciou hoje (sábado) o director local da Agricultura, Pecuária e Pescas, Eliseu José.

  • 30/01/2019 16:20:07

    Aumenta captura de pescado no Huambo

    Huambo - Oitenta e uma toneladas de peixe de várias espécies foram capturadas, no ano de 2018, em alguns rios e lagoas da província do Huambo, por pescadores artesanais, mais 14 toneladas em comparação ao idêntico período anterior.

  • 29/01/2019 20:06:01

    FCA vai ganhar laboratório de detenção de agricultura

    Huambo - A Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) vai ganhar, a partir do próximo dia 06 de Fevereiro, um laboratório de detenção remota para impulsionar a agricultura de precisão em Angola.

  • 25/01/2019 12:37:09

    Colhida tonelada e meia de arroz em campos de ensaio do Bailundo

    Bailundo - Uma tonelada e meia de arroz foi colhida na época agrícola 2017/2018 em campos de ensaios no município do Bailundo, província do Huambo, informou hoje o director local da Extensão de Desenvolvimento Agrário (EDA), Joaquim Pinto Afonso.