Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

29 Janeiro de 2019 | 18h29 - Actualizado em 29 Janeiro de 2019 | 18h29

BUE,s serão extensões do Guiché Único de Empresa

Luanda - O Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos está a trabalhar para transformar algumas instalações dos Balcões Únicos do Empreendedor ( BUE,s) em extensões do Guiché Único da Empresa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O anúncio foi feito pelo director nacional de registos e notariados do Ministério da Justiça , Israel Nambi, que falava na palestra sobre “Medidas de Apoio ao Aumento da Produção Nacional”, dirigida aos jornalistas de órgãos públicos e privados.

Referiu que a transformação foca-se para os BUE’s existentes nas capitais das províncias onde o desenvolvimento económico e o parque empresarial o justifiquem.

Para efeito, foi criado um grupo de trabalho multissectorial, com o objectivo de revitalizar e dar melhor aproveitamento às instalações dos BUE’s, para tornar funcionais os BUE,s inoperantes e redinamizar os que já estejam operacionais, mas que não sejam destinados a extensões do GUE.

Em relação à simplificação dos processos de constituição de empresas, aclarou que para abertura de uma empresa, com realce para as sociedades comerciais, apenas é exigido o BI para nacionais e passaportes para estrangeiros, com emolumentos de AKz 12 mil e 500.

Em relação à certidão matricial, o ministério está a trabalhar com a Administração Geral Tributária (AGT) na desmaterialização das certidões matriciais existentes em todas as repartições fiscais, num total de 43 mil matrizes.

O objectivo é o de importar estas matrizes para o novo sistema informático a ser implementado na AGT, de modo a encurtar o prazo de emissão das certidões matriciais, para 48 horas.

Para o controlo do prazo de emissão da Certidão Predial, disse estar em curso a implementação do aplicativo informático fornecido pelo Ministério da Economia e Planeamento (MEP) e destinado a facilitar o controlo dos prazos de registo e emissão das certidões de registo predial.

Trata-se do controlo dos prazos definidos por lei, pretendendo-se também o seu encurtamento.

O ciclo de palestras sobre "As Medidas de Apoio ao Aumento da Produção Nacional" estão a ser promovidas pelo Executivo angolano, através do Ministério da Economia e Planeamento, de modo a reduzir as importações e aumentar as exportações.

Depois de Luanda, o Governo vai realizar palestras regionais nas províncias de Benguela (29/01), Huambo (30/01), Bié (31/01), Moxico (06/02) e Huíla (13/02), Uíge (20/2), Cabinda (27/2), com associações empresariais locais, com vista a recolher subsídios e informar os passos que estão a ser dados para melhorar o ambiente de negócios e a competitividade da produção nacional.

A iniciativa surge na sequência da aprovação, a 13 de Novembro de 2018 pela Comissão Económica do Conselho de Ministros, do Plano de Acção para aumentar a competitividade da produção nacional de bens da cesta básica e de outros de origem nacional prioritários.

O plano de acção resultou de uma proposta dos titulares dos departamentos ministeriais da Economia e Planeamento, Finanças, Agricultura e Florestas, Pescas e do Mar, Indústria, Comércio e Saúde, bem como do governador do Banco Nacional de Angola.

O referido plano detalha propostas de acções que podem ser implementadas nas fileiras produtivas de 46 produtos, com a finalidade de, no âmbito do PRODESI, acelerar as iniciativas privadas susceptíveis de permitir, no curto, médio e longo prazos, aumentar a produção nacional.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.

  • 01/02/2019 20:07:05

    Construção da barragem de Baynes estimada em USD 1,2 mil milhões

    Cacuso - A construção da barragem hidroeléctrica Binacional de Baynes, com início previsto para 2021, no rio Cunene, fronteira entre Angola e a Namíbia, está estimada em 1,2 mil milhões de dólares, avançou hoje (sexta-feira), em Malanje, o ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges.