Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Janeiro de 2019 | 17h53 - Actualizado em 31 Janeiro de 2019 | 15h06

Banco Sol e empresas diamantíferas apoiam empreendedores do Leste

Moxico - O Banco Sol e as empresas diamantíferas que operam nas províncias do Moxico e da Lunda Norte e Lunda Sul vão apoiar, a partir deste ano, projectos económicos desenvolvidos pelos jovens do Leste de Angola, visando a criação de riquezas e empregos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para o efeito, foi assinado nesta quarta-feira, no Moxico, um protocolo de concessão de microcréditos para o investimento e fomento de desenvolvimento pessoal, a promoção da inclusão social, visando o empoderamento económico e social das famílias rurais e periurbanas da respectiva região.

O crédito renovável anualmente, tem o valor mínimo de 340 mil e o máximo de seis milhões e 800 mil Kwanzas, estabelecendo uma parceria entre o Banco Sol, Empresa Nacional de Diamantes (Endiama), Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes (Sodiam) e as Sociedades Mineiras de Catoca, Chitotolo e Cuango.

Os três governadores, Gonçalves Muandumba (Moxico), Daniel Neto (Lunda Sul) e Ernesto Muangala (Lunda Norte), bem como os representantes das empresas diamantíferas e do Banco Sol, rubricaram o protocolo.

Este programa tem a duração de 36 meses, e visa alavancar iniciativas empreendedoras na comunidade, o combate à fome, a redução da pobreza, inserindo todos os agentes económicos informais, no sistema formal, através do serviço de microfinanças e microcréditos prestado pelo Banco Sol.

Esta parceria tem no seu âmbito a definição das condições e modalidades de colaboração entre o Banco Sol, Endiama, Sodiama e as Socidades Mineiras de Catoca, Chitotolo e Cuango, de forma a facilitar o acesso as populações de forma individual ou associadas em grupos e cooperativas, ao financiamento para aquisição de kits que facilitarão as suas actividades.

Na ocasião, o presidente do Conselho de Administração do Banco Sol, Coutinho Nobre Miguel, considerou o projecto de uma acção ambicioso que visa reduzir o desemprego nas comunidades da região Leste do país, com objectivo de diversificar a economia e promover a igualdade, justiça, cidadania e desenvolvimento sustentável.
 
Ao enaltecer a iniciativa dos governadores das três províncias ressaltou que a implementação do empreendedorismo nas comunidades sustentado por parcerias entre o banco e empresas diamantíferas vai contribuir na criação de uma sociedade justa e próspera.

Em declarações à imprensa, o governador da Lunda Sul, Daniel Neto, referiu que é uma preocupação do governo continuar apoiar jovens empreendedores que tenham projectos viáveis, inovadores, de impacto social e comunitário, com vista o alcance do desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas na região.

Por seu turno, o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, enalteceu a importância do empreendedorismo juvenil, que visa contribuir para o crescimento das comunidades, com o aumento da produção de bens e serviços para as populações.

Já o governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, valorizou o projecto “Empreendedorismo nas comunidades”, por ser uma forma de financiar os micros e pequenos negócios dos jovens empreendedores ávidos na criação de novos empregos.

Para o secretário de Estado da Geologia e Minas, Jânio da Rosa Corrêa Victor, que testemunhou o acto, afirmou que o resultado do projecto vai promover o desenvolvimento económico das famílias rurais e urbanas, no combate à fome e redução da pobreza.

Leia também
  • 31/01/2019 17:47:33

    Governador promete apoios para fomento agrícola

    Saurimo - O governador provincial da Lunda Sul, Daniel Félix Neto, prometeu hoje, quinta-feira, em Saurimo, apoiar os camponeses com instrumentos agrícolas e sementes, no âmbito da estratégia do Governo de combate à fome e à pobreza.

  • 30/01/2019 18:50:35

    Administração do Dala prioriza expansão da rede eléctrica

    Saurimo - A expansão da rede eléctrica, com vista o consumo total dos dois megawatts disponíveis no aproveitamento hidroelétrico do Tchihumbwe para o município do Dala, consta das prioridades da referida administração para o presente ano económico.

  • 24/01/2019 17:13:01

    Livro de reclamações esgota-se no Moxico

    Luena - Os 290 exemplares do livro de reclamações que o núcleo do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) na província do Moxico recebeu em Março de 2018 esgotaram-se, devido à elevada procura.