Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

29 Janeiro de 2019 | 17h54 - Actualizado em 29 Janeiro de 2019 | 19h03

Qualidade de activos dos bancos será avaliada em Abril

Luanda - A qualidade dos activos dos bancos comerciais angolanos começa a ser avaliada pelo Banco Nacional de Angola (BNA), a partir de Abril deste ano, com vista a aferir a saúde financeira das instituições bancárias, anunciou hoje, em Luanda, o governador do Banco Central, José de Lima Massano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Massano Júnior, Governador do Banco Nacional de Angola

Foto: Antonio Escrivao

Essa avaliação dos activos da banca, que faz parte das recomendações do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do acordo firmado com o Governo angolano, vai incidir sobretudo no crédito concedido pelos bancos comerciais, para se ter um retrato real do sector bancário angolano.

O governador falava nesta terça-feira numa palestra dirigida a jornalistas sobre “As medidas de apoio ao aumento da produção nacional”, promovida pelo Ministério da Economia e Planeamento, no âmbito do Prodesi.

No princípio do mês em curso (Janeiro), o governador disse que deste exercício poderá surgir a necessidade de ajustamento e reforço do aumento de capital, podendo eventualmente optar-se por vários cenários, em que não se excluem fusões ou encerramentos.

O exercício, enquadrado nas normas de prudência adoptadas pelo BNA, visa evitar um eventual risco sistémico e assegurar a estabilidade do sistema financeiro angolano.

No encontro de hoje com os jornalistas, o gestor do Banco Central salientou que o BNA vai adoptar medidas para acabar com o crédito em moeda nacional indexado à moeda estrangeira, devido aos efeitos perversos que qualquer ajustamento cambial possa vir a causar aos tomadores dos empréstimos.

O BNA vai procurar igualmente incorporar outras instituições financeiras especializadas para ajudar a gerir a carteira de crédito mal parado, estimado em 31 por cento.

Para fazer face às metas do Executivo de uma autonomia na produção de bens alimentares de primeira necessidade até 2022, o governador desafiou os bancos comerciais a emprestarem mais dinheiro à economia, sobretudo ao sector privado.

Entretanto, referiu que anualmente Angola despende 700 milhões de dólares com a contratação de serviços de consultoria, auditoria e prestação de serviços, pelo que incentiva o empresariado nacional, com o apoio da banca, a apostar neste segmento de negócio.

Salientou, por outro lado, que o Banco Nacional de Angola vai ajudar a mobilizar recursos para apoiar o Programa de Apoio à Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (PRODESI).

No quadro das medidas de apoio ao aumento da produção nacional, informou, o BNA elevou os níveis de liquidez no mercado em moeda nacional, medidas que permitiram baixar a taxa de inflação em 18 por cento, a nível da província de Luanda, em 2018.

José de Lima Massano acrescentou que este mês, o Banco Central decidiu baixar a taxa de juro de 16,5 para 15,75 por cento, com vista a facilitar o crédito à economia.     

Assuntos Banco  

Leia também
  • 01/02/2019 20:29:41

    BNA disponibiliza USD 700 milhões

    Luanda - O Banco Nacional de Angola (BNA) vai disponibilizar durante o mês de Fevereiro 700 milhões de dólares norte-americanos, para realização diária de leilões a preço (venda de divisas) e de quantidade (plafonds para cartas de crédito).

  • 23/01/2019 17:54:31

    BAI com AKz 70 mil milhões para crédito adicional

    Luanda - O Banco Angolano de Investimento (BAI) tem disponível, para este ano, cerca de AKz 70 mil milhões (200 milhões de dólares) para crédito adicional ao sector privado, anunciou hoje seu presidente da Comissão Executiva, Luís Lélis.

  • 17/01/2019 11:53:46

    BNA realiza conferência sobre financiamento

    Luanda - O Banco Nacional de Angola (BNA) promove, no próximo dia 23, no Museu da Moeda, uma Conferência sobre Financiamento ao Sector Privado, no âmbito do conjunto de medidas estabelecidas para a retoma do crescimento económico sustentado do país.