Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Fevereiro de 2019 | 21h49 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2019 | 22h00

Sonagás desmente alegada escassez de gás em Cabinda

Luanda - A Sonagás, empresa do grupo Sonangol responsável pela distribuição e comercialização de gás, desmentiu hoje (quinta-feira), as noticias postas a circular sobre uma alegada escassez de gás em Cabinda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Sonangol

Foto: Pedro Parente

Em comunicado de imprensa, endereçado à Angop, a empresa afirma que não existem quaisquer  problemas com a distribuição do produto e que os preços se mantêm inalterados, não existindo, por isso, razão valida para que seja alterado o consumo normal das botijas de gás.

A nota refere que a botija de 12Kg continuam a custar oficialmente AKZ 1.200 e mil e 100 kwanzas para a Levitas.

Assuntos Gás  

Leia também
  • 15/11/2018 18:06:41

    Angola adere ao fórum de países exportadores de gás

    Luanda - Angola foi admitido nesta quarta-feira, 14 de Novembro, como membro observador do Fórum de Países Exportadores de Gás (GECF em inglês), durante a 20ª reunião ministerial do grupo, realizada em Port of Spain, Trinidad e Tobago, evento que coincidiu com o 10º aniversário da organização.

  • 07/09/2018 20:54:26

    Sonagás fornece cerca de 75 milhões pés cúbicos de gás ao ciclo combinado

    Soyo - Cerca de setenta e cinco milhões de pés cúbicos de gás natural é a quantidade que a Sonagás está desde Novembro de 2017 a fornecer diariamente à central do ciclo combinado instalada no município do Soyo, província do Zaire, informou o presidente da comissão executiva da Sonagás, Mário Graça.

  • 03/07/2018 16:35:23

    Angola LNG paralisa operações para manutenção

    Luanda - A unidade de processamento de gás natural liquefeito, Angola LNG, situada no Soyo, província do Zaire, regista uma paragem planeada para manutenção, neste mês de Julho, avançou hoje à Angop uma fonte da instituição.