Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2019 | 19h53 - Actualizado em 09 Novembro de 2019 | 01h16

Cooperativa agrícola "Ussossi" alerta para custo elevado dos fertilizantes

Catumbela - A líder da cooperativa agrícola Ussossi, localizada no município da Catumbela, Maria Jumbica, alertou hoje, sexta-feira, as autoridades para fiscalizarem os empresários que comercializam fertilizantes, pois, os elevados preços praticados actualmente podem comprometer a campanha agrícola 2019/20.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Fertilizantes entregues aos camponeses durante a abertura da campanha agrícola

Foto: Aurélio Mourinho

Segundo a responsável, que falava à Angop, a margem da cerimónia de recepção de imputes agrícolas, nomeadamente quatro sacos de 50kg de adubo composto NPK 12/24/12, cinco de sementes de milho, quatro de amónio, uma charrua, cinco enxadas e 12 catanas, entregues pela Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA), o Estado deve tomar medidas para controlar a subida desses preços.

 “Neste momento estamos a comprar no mercado paralelo o saco de  adubo NPK a 17 mil kwanzas, que antes custava cinco mil akz, a ureia a 15 mil kz, ao contrário dos três mil e 500 akz antes praticados e o Amónio a 14 mil kz, contra os três mil akz de há quase dois meses”, esclareceu.

Na mesma senda, disse que a Ussossi está com dificuldades para completar o pagamento do único tractor que recebeu a crédito, embora não tenha revelado o valor.

Quanto a alternativa da produção caso falte chuvas, mostrou tranquilidade na medida em que o sistema de irrigação do perímetro agrário da Catumbela não depende das quedas pluviométricas.

Durante a campanha agrícola anterior, a cooperativa, com 146 trabalhadores e 18 hectares, produziu 502 toneladas de milho, 31 de feijão, 82 de hortaliças e 200 de tubérculos diversos.

Em função deste quadro, a responsável garantiu que “se tivermos fertilizantes a disposição, a cooperativa estará em condições de duplicar esta produção, na campanha agrícola 2019/2020”.

O município da Catumbela conta com 3.597 hectares de área arável, 18 cooperativas, 16 associações e 3.679 membros, entre os quais 1.724 são mulheres, de acordo com dados da administração local.

Leia também
  • 31/10/2019 18:01:50

    Camponeses prevêem colher mais de 37 mil toneladas de milho na Ganda

    Ganda - Quarenta e sete mil e 97 famílias camponesas envolvidas na campanha agrícola 2019/20, no município da Ganda (Benguela), esperam atingir uma safra de 37 mil e 677 toneladas de milho, contra as 23 mil e 548 colhidas em igual período anterior.

  • 24/10/2019 18:24:10

    Aberta campanha agrícola 2019/20 com foco na duplicação da produção

    Benguela - A campanha agrícola 2019/2020, que prevê o enquadramento de duas mil famílias camponesas e uma colheita de 890 mil toneladas de produtos diversos, contra as 390.852 da época anterior, foi aberta esta quinta-feira, na comuna do Dombe Grande, município da Baía Farta, pelo governador provincial de Benguela, Rui Falcão.

  • 24/10/2019 14:05:21

    Desvalorização do kwanza "exige" competitividade dos produtos locais

    Benguela - O director nacional de intercâmbio do Ministério do Comércio, Rui Livramento, afirmou esta quinta-feira, em Benguela, que a desvalorização da moeda nacional vai “obrigar” a uma maior competitividade dos produtos locais, sobretudo a nível da Sadc.