Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2019 | 20h23 - Actualizado em 08 Novembro de 2019 | 20h21

Quibala na rota do desenvolvimento agrícola sustentável

Sumbe - O município da Quibala, cerca de 170 quilómetros a Nordeste da cidade capital do Cuanza Sul (Sumbe), com 181 terrenos rurais concedidos para a exploração agro-pecuária, é um dos principais eixos de desenvolvimento agrícola sustentável que, devido aos seus solos férteis, produzem para o mercado interno e externo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Criação de gado bovino na fazenda Santo António " Quibala"

Foto: Francisco Miúdo

O município acolhe, na segunda-feira, o acto central do 11 de Novembro, Dia da Independência Nacional, cujas comemorações decorrem sob o lema “Unidos pelo Desenvolvimento de Angola”.

O lema das comemorações dos 44 anos da independência nacional “Unidos Pelo Desenvolvimento de Angola” reflecte bem sobre a aposta do Executivo em elevar a produção nacional e precaver a auto-sustentabilidade alimentar.

Quibala, que em língua Kimbundu significa “cara ou face”, conta com 135.898 habitantes, distribuídos nas comunas do Lonhe, Cariango, Ndala Cachibo e comuna sede (Quibala), num espaço de 9.980 quilómetros quadrados.

Outra grande satisfação dos populares locais tem a ver com a melhoria dos cerca de 155 quilómetros da Estrada Nacional 120, que liga o município ao Dondo (Cuanza Norte), que tem facilitado a circulação de pessoas e bens.

O município é, hoje, uma das circunscrições em franca ascensão socioeconómica, contando com mais de nove fazendas de grande porte, nomeadamente Nuviagro (Grupo Refriango), Kambondo e Agro-Líder, Santo António, Vissolela e Terra do Futuro.

As dimensões das terras cedidas para a exploração agro-pecuária variam de três até 10 mil hectares. A Agro-Líder, vocacionada para a produção de vários produtos, milho, feijão, batata, cenouras, tomate, pimento, cebola e gado, possui oito mil hectares, três mil dos quais em produção de frutas e hortícolas e oito mil cabeças de gado bovino destinadas ao abate e 400 de gado leiteiro.

Desde o princípio da década de 1970, a Quibala conheceu um considerável crescimento económico baseado no desenvolvimento da actividade industrial e agro-pecuária, em que existiam 1.500 fazendas, cujos resultados das colheitas do abacaxi eram tidos como matéria-prima para as fábricas Vinelo, no Dondo (Cuanza Norte) e Coalfa, no Huambo, bem como os derivados do milho transformado a partir da fábrica Caima para a empresa cervejeira Eka do Dondo.

O município da Quibala, que acolhe nesta segunda-feira visitantes de vários pontos do país, em saudação aos 44 anos da independência nacional, está limitado a Norte pelo Libolo, a Este pelos municípios de Mussende e Andulo (Bié), a Sul pelos municípios da Cela e Ebo, e a Oeste pelos municípios de Quilenda e Quiçama (Luanda). É constituído pelas comunas da Quibala, Carianga, Dala Cachibo e Lonhe.

Leia também
  • 07/11/2019 20:19:53

    Agricultura familiar regista crescimento

    Sumbe - Pelo menos 393 mil e 958 toneladas de produtos diversos foram colhidos nos últimos três meses na época agrícola 2018/2019 na província do Cuanza Sul, registando um aumento de 14 mil e 512 toneladas, em relação ao período anterior.

  • 06/11/2019 18:54:30

    SAMAP distribui sementes agrícolas aos camponeses

    Sumbe - Pelo menos três mil e 378 toneladas de sementes de milho, feijão e batata-rena estão a ser distribuídas as famílias camponesas do Cuanza Sul, no âmbito do Projecto de Desenvolvimento da Agricultura e Comercialização (SAMAP).

  • 30/10/2019 20:22:11

    Campanha agrícola com mais 520 mil hectares de terra

    Cassongue - O Gabinete Provincial da Agricultura e Florestas preparou para campanha agrícola 2019/2020 na província do Cuanza Sul, 520 mil e 033 hectares de terra aráveis com recurso a mecanização agrícola.