Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Novembro de 2019 | 19h04 - Actualizado em 14 Novembro de 2019 | 19h28

Preços da cesta básica decrescem no Cuanza Norte

Ndalatando - Os preços dos produtos da cesta básica, que conheceram uma subida desde Outubro, registam nos últimos dias, um decréscimo nos principais estabelecimentos comerciais da província.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Bens alimentares num estabelecimento comercial

Foto: Estevão Manuel

A informação foi avançada nesta quinta-feira, à imprensa, em Ndalatando, pelo delegado interino do Ministério do Interior no Cuanza Norte, Simão Milagre, no final de uma visita de constatação e fiscalização que uma comissão multissectorial realizou nos estabelecimentos comerciais locais.

Os preços de bens começaram a ser especulados pelos agentes económicos a partir de 01 de Outubro, data em que entrou em vigor o Imposto Sobre o Valor Acrescentado (IVA).

A título de exemplo, informou, o saco de arroz de 25 quilogramas que na última semana era comercializado a 14 mil e 500 kwanzas nos armazéns grossistas da província, está a ser vendido a 12 mil e 500 kwanzas, ao passo que, o saco de farinha de trigo de 50 quilogramas, antes vendido por 22 mil kwanzas, passou para 20 mil kwanzas, um decréscimo de dois mil kwanzas em cada unidade.

Simão Milagre informou que, apesar dessa redução de preços, os fiscais constataram irregularidades nas unidades comerciais, entre as quais o uso de facturas desactualizadas, preços sobrefacturados e condições de higiene precárias.

O responsável da Polícia Nacional sublinhou, por outro lado, que as medidas económicas adoptadas pelo Estado angolano após a implementação do IVA tem estado na base da especulação dos preços dos principais produtos da cesta básica por parte de alguns comerciantes.

A visita visou constatar o cumprimento da lei do exercício da actividade comercial em vigor no país, tendo o grupo recomendado aos comerciantes obediência e respeito das normas, sob pena de serem sancionados.

Integram a comissão de fiscalização da actividade commercial no Cuanza Norte funcionários da Administração Geral Tributária (AGT), Comércio, Serviços de Investigação Criminal (SIC), Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), Saúde, MAPSS, e outros.

Leia também
  • 14/11/2019 15:53:17

    Kilamba Kiaxi faz levantamento da rede comercial

    Luanda - Um levantamento da rede comercial no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, está a ser feito pela Direcção Municipal do Comércio com o objectivo de aferir a legalidade dos mesmos.

  • 13/11/2019 10:35:37

    Pescadores de Cazanga recebem meios de fiscalização

    Dondo - A comunidade da lagoa de Cazanga, no município de Cambambe, província de Cuanza Norte, beneficiou, nessa terça-feira, de duas lanchas a remo e de artefactos para a fiscalização da actividade pesqueira.

  • 08/11/2019 12:55:48

    Governo do Cuanza Norte entrega 40 tractores a empresários

    Camabatela - Quarenta tractores e respectivas alfaias foram entregues hoje a oito empresários, na localidade do Luínga, município de Ambaca, pelo governador da província do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, a fim de apoiar o sector agrícola na região.