Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

07 Dezembro de 2019 | 19h45 - Actualizado em 07 Dezembro de 2019 | 19h47

Mintur traça roteiro turístico para Malanje

Malanje - O Ministério da Hotelaria e Turismo e algumas agências de viagem de Malanje e Luanda trabalham na projecção de um roteiro turístico da província, para facilitar a criação de pacotes turísticos ajustados à realidade local e contribuir na dinamização e rentabilização do sector.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A criação do referido roteiro é uma estratégia do Ministério de tutela, que visa apresentar as potencialidades da circunscrição aos promotores do sector e estes, por sua vez, divulgarem as zonas e atraírem cada vez mais turistas nacionais e estrangeiros.

A informação foi prestada hoje (sábado), pelo director nacional de Qualificação de Infra-estruturas e Produtos Turísticos do Ministério da Hotelaria e Turismo, Afonso Bita, durante uma visita dos operadores do sector aos Rápidos do Cuanza (ponto de atracção turística do município de Cangandala), um dos possíveis locais a constar no roteiro em causa.

O responsável não precisou o prazo de criação do roteiro, mas disse que o mesmo deverá conter importantes informações para guiar os turistas.

Porém, a concretização passa por um estudo exaustivo do Ministério e das agências de viagem sobre as condições infra-estruturais existentes nos locais turísticos, numa primeira fase dos municípios de Cangandala, Cacuso, Malanje e Calandula.

Lembrou que o Mintur e parceiros lançaram, este ano, o roteiro de Mbanza Kongo, estando neste momento na forja os roteiros de Malanje e Cuanza Norte, ao passo que os das demais províncias começam a ser traçados a partir do primeiro trimestre de 2020.

Paralelamente a criação de roteiros turísticos, Afonso Bita reiterou a aposta noutras acções para revitalizar o sector turístico, como a criação de aldeias turísticas, desenvolvimento do aviturismo e promoção das potencialidades turísticas de Angola no exterior.

Por sua vez, o director nacional da Promoção Turística, Lukeny Araújo, adiantou que está na forja a participação de Angola nas mais importantes feiras desta especialidade, em 2020, a terem lugar na Espanha, África do Sul, Portugal e Alemanha, onde serão apresentados os locais icónicos e de elevado interesse turístico nacional, porquanto a divulgação destes sítios é ainda fraco.

Para além dos Rápidos do Cuanza, os operadores do sector visitaram as Quedas de Calandula e outros sítios históricos da província, estando prevista para domingo (9), último dia dos três de trabalho a Malanje, visitas aos pontos turísticos do município de Cacuso.

Leia também
  • 07/12/2019 19:36:36

    Governo baixa preços de terrenos em 50 por cento

    Luanda - Os preços dos terrenos infra-estruturados do Estado angolano, que em 2015 foram fixados entre 90 a 214 dólares norte-americanos por cada metro quadrado, sofreram uma redução na ordem dos 50 por cento (USD 45 e 107), tendo em conta a perda do poder de compra dos cidadãos, soube hoje, sábado, a Angop.

  • 07/12/2019 05:32:27

    Concessão de USD 247 milhões para Angola marca noticiário económico

    Luanda - A terceira concessão para Angola de 247 milhões de dólares, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), de um total de 1.48 mil milhões, no quadro do programa de reformas acordado com o Governo angolano, marcou a semana económica que hoje (sábado) termina.

  • 06/12/2019 20:25:27

    Cooperativas sob ameaça de perderem licenças diamantíferas

    Saurimo - As cooperativas de diamantes que, dentro de dois anos, não forem competitivas e nem contribuírem com receitas fiscais vão perder a licença de exploração, alertou hoje na Lunda Sul, o director Nacional dos Recursos Minerais, André Buta.