Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Dezembro de 2019 | 19h45 - Actualizado em 06 Dezembro de 2019 | 19h44

Sistema de pagamento aumenta inclusão financeira no país

Luanda - O aumento da inclusão financeira, a redução de custos com a impressão de notas no país, a comodidade e segurança das pessoas, constam dos benefícios apresentados hoje, pelos 10 startups apuradas no concurso do Laboratório de Inovação do Sistema de pagamentos de Angola (LISPA).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Administrador do BNA, Pedro Castro e Silva

Foto: Henri Celso

Com esta iniciativa do Banco Nacional de Angola (BNA), que apresenta soluções inovadoras de pagamentos, vai aumentar a inclusão financeira no país, afirmou o administrador do BNA, Pedro Castro e Silva.

Angola conta com uma taxa de bancarização de 29 por cento, referiu o responsável, quando falava à imprensa na apresentação dos 10 vencedores, dos 69 inscritos no concurso do LISPA.

Explicou que as ideias apresentadas pelos investidores procura, através do mercado informal, trazer pessoas para o sector bancário nacional, uma acção que vai aumentar a inclusão financeira no país.

As startups Digipay, Kixikila Place, Aki, Nojoje, KubingaYoukank, Aro-TecCrédit Score, Pga3 e Usekamba foram as apuradas neste concurso, das 69 inscritas, e apresentam soluções inovadores de pagamentos nas compras e prestações de serviços com segurança e comodidade, soluções de crédito, entre outras respostas que afectam a população angolana.

Pedro Castro e Silva disse igualmente que estas soluções inovadoras vão reduzir o desemprego, através do lançamento de uma incubadora para onde os jovens com ideias empreendedoras e inovadoras vão desenvolver os seus negócios.

Por esta razão, foi criada o Laboratório de Inovação do Sistema de pagamentos de Angola (LISPA), em Agosto deste ano, e ao longo do ano 2020 será desenvolvido modelo de negócios sustentáveis, das ideias apresentadas pelas 10 startaps.

A iniciativa com conta com o apoio do Ministério do ensino Superior e Tecnologia e da Acelera Angola

Ao se referir às enchentes que se verificam nos ATMs, nos últimos dias, afirmou que o BNA vai reunir com os bancos comerciais e a Emis para que seja assegurada a procura de dinheiro, durante a quadra festiva.

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 06/12/2019 13:14:40

    Soluções bancárias com fraca capacidade para inclusão financeira

    Luanda - A ministra das Finanças, Vera Daves, considerou, nesta sexta-feira, em Luanda, que em Angola, as soluções tecnológicas bancárias tradicionais não tem sido capazes de promover a inclusão financeira para níveis desejáveis.

  • 02/12/2019 18:17:27

    Cabinda retira do OGE 15 projectos já executados

    Luanda - Quinze projectos ligados aos sectores da construção, educação e saúde, da província de Cabinda, com orçamento total de dois mil milhões, 233 milhões, 476 mil e 735 kwanzas serão excluídos do Orçamento Geral do Estado (OGE) 2020, pelo facto de terem sido já executados.

  • 22/11/2019 20:05:50

    Seguradoras pagam em comissões cerca de AKz 13 mil milhões

    Luanda - Seguradoras nacionais pagaram de comissões de mediação de seguros, de 2015 a 2018, cerca de 13 mil milhões e 591 milhões de kwanzas, informou hoje, sexta-feira, o presidente do Conselho de Administração da Agência Angolana de Supervisão de Seguros (Arseg), Elmer Serrão.