Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Dezembro de 2019 | 19h44 - Actualizado em 10 Dezembro de 2019 | 19h44

Camponeses de Beje e Caculo Canji ganham moagens

Malanje - Duas unidades de processamento de mandioca e produção de fuba de bombó foram entregues hoje (terça-feira), aos camponeses das aldeias de Caculo Canji (Cacuso) e Beje (Cangandala) respectivamente, pelo MOSAP II (Projecto de Agricultura Familiar e Comercialização).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cada unidade fabril está orçada em cerca de 10 milhões de kwanzas e visa reduzir os esforços até então empreendidos pelas mulheres camponesas na transformação da mandioca em fuba de bombó e aumentar a renda das 48 famílias beneficiárias, no âmbito dos investimentos do MOSAP II voltados à cadeia de valor e gestão pós-colheita.

As moagens, que têm capacidade para processar 150 quilogramas fuba de bombó/hora, estão sob gestão de empreendedores locais e devem também beneficiar as aldeias circunvizinhas.

No acto de entrega dos bens, o coordenador do MOSAP II em Malanje, Paulo Sozinho, pediu aos camponeses a elevar a produção de mandioca, de modo a manter o funcionamento das unidades e aumentar as receitas de cada família.

Fez saber que 40 por cento do valor empreendido no projecto servirá para o reforço da caixa comunitária dos camponeses associados.

Por sua vez, o director do Gabinete Provincial da Agricultura, Carlos Chipoia, pediu a conservação dos meios, ao mesmo tempo que reiterou o desafio dos camponeses apostarem no alargamento das áreas de cultivo de mandioca, para o consumo, transformação e comercialização do excedente de produção.

Com estes empreendimentos, perfazem quatro moagens inauguradas pelo MOSAP II este ano, sendo que as outras duas foram entregues a 03 deste mês, nas aldeias Tamba e Caissa, municípios de Malanje e Cangandala, respectivamente.

Implementado desde 2016, o projecto Mosap II abrange os municípios de Malanje, Cacuso, Kiwaba Nzoji, Mucari, Calandula, Cunda-dia-Base, Cambundi-Catembo, Cahombo, Massango, Quela e Cangandala.

Beneficia 35 mil pequenos agricultores organizados em cooperativas. Além de Malanje, o Mosap II está implantado nas províncias do Huambo e Bié.

Leia também
  • 10/12/2019 17:04:18

    Assistência da UE e FMI vai melhorar gestão das finanças

    Luanda - A ministra das Finanças, Vera Daves, acredita que a assistência técnica proporcionada pela União Europeia e (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) vai melhorar, de forma permanente, a capacidade de gestão das finanças públicas em Angola.

  • 10/12/2019 13:51:52

    UE engaja 5 milhões de euros para apoiar transparência

    Luanda - A União Europeia disponibilizou cinco milhões de euros para a implementação do Programa de Apoio à Governação Económica de Angola, com vista à melhoria da transparência orçamental e eficácia das despesas públicas.

  • 10/12/2019 13:36:08

    Concurso público para refinaria do Soyo vai até Janeiro

    Luanda - O Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos (Mirempet) estendeu de 18 de Dezembro de 2019 para 30 de Janeiro de 2020 o prazo de entrega de propostas para o concurso público internacional de investimento privado para a construção de uma refinaria no Soyo, província do Zaire.