Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Março de 2019 | 18h30 - Actualizado em 15 Março de 2019 | 19h20

Macon abre rota internacional Luanda-Kinshasa

Luanda - Depois de Luanda -Windhoek, a operadora de transportes rodoviários Macon abre, neste semestre, a sua segunda rota internacional Luanda-Kinshasa (via Luvo), Kinshasa-Matadi e Kinshasa-Yema, na fronteira com a província de Cabinda, anunciou hoje o Presidente do Conselho de Administração da empresa, Luís José Ndapuka Máquina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

MACON apresenta nova frota de autocarros

Foto: António Escrivão

De igual modo, a transportadora vai expandir os seus serviços, em breve, na sua primeira rota internacional Luanda-Windhoek, com as linhas Windhoek-Walvis Bay e Oshicango-Katima Mulilo, via Rundo. Porém, em Windhoek, a Macon opera actualmente a linha Windhoek-Oshicango e Windhoek- Katima Mulilo.

Estes novos objectivos resultam dos investimentos da companhia em 55 novos autocarros com capacidade de 48 lugares para o transporte rodoviário interprovincial. Uma frota que entra, a partir de hoje, em actividade em 64 rotas interpovinciais.

Para a aquisição da nova frota, a empresa investiu 6,5 milhões de dólares norte-amercianos. Como resultado da aplicação serão criados, só na rota com a RDCongo, pelo menos 20 novos postos de trabalhos, entre motoristas, cobradores e auxiliares administrativos.

Com a nova aquisição, a empresa constitui uma frota de 648 autocarros. Quando iniciou a sua actividade em  25 de Maio de 200, detinha um total de 25 autocarros urbanos e um quadro de pessoal de 140 trabalhadores.

Hoje, a transportadora emprega dois mil e 910 trabalhadores directos e 650 indirectos. Em 2018, transportou 36 milhões de passageiros urbanos e dois milhões e 400 mil passageiros nas rotas inter-provinciais.

Luís Máquina, ao intervir na cerimónia de apresentação dos autocarros e de abertura do novo terminal de embarque, testemunhada pelo ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, reconheceu as reclamações dos passageiros, sobre os atrasos nas partidas e avarias dos meios.

Entretanto, disse que a solução dos problemas consiste num esforço conjugado entre o Estado (melhorar as vias) e os operadores (conservar as vias). Mas adiantou que parte dos problemas será resolvido com a nova frota.

Assuntos Transporte  

Leia também
  • 15/03/2019 19:19:34

    Novo sistema tarifário de transportes em fase de preparação

    Luanda - O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, reiterou hoje que está em fase preparatória a implementação do novo sistema tarifário para transportes colectivos intermodal.

  • 14/03/2019 19:50:54

    Macon reforça frota de autocarros

    Luanda - Cinquenta e cinco novos autocarros da empresa Macon (serviços de transporte rodoviário de passageiros) entram em circulação nesta sexta-feira, para reforçar as rotas inter-provínciais.

  • 12/03/2019 18:32:19

    Limitação da frota na origem das "falhas" de voos da TAAG

    Luanda - Os consecutivos reajustes na grelha de voos da TAAG - Linhas Aéreas de Angola - e frequentes cancelamentos de viagens nas rotas domésticas, desde 2017, têm a ver com a "indisponibilidade de aeronaves", informou o presidente da Comissão Executiva da companhia, Rui Carreira.