Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Abril de 2019 | 18h52 - Actualizado em 15 Abril de 2019 | 18h52

Projecto de ouro prevê facturar USD 64 milhões/ano

Luanda - Sessenta e quatro milhões e 376 mil de dólares será o valor da facturação anual, resultante da venda de 53 mil e 647 onças, que começam a ser produzidas no primeiro semestre do ano em curso no projecto de exploração de ouro de Chipindo, na província da Huíla.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Área de exploração de ouro no Chipindo

Foto: José Filipe

A exploração experimental, neste projecto que criou 70 postos de trabalho, iniciou em Março último, segundo anunciou hoje (segunda-feira), à imprensa, em Luanda, o administrador da Ferrangol, Kayaya Kahala.

O gestor, que falava à imprensa na abertura das jornadas sobre o Dia do Trabalhador Mineiro, que decorre sob o lema “Recursos Minerais: Um Compromisso para o Desenvolvimento de Angola”, afirmou que a empresa está engajada no incremento da produção de ouro em  grande escala e aumentar os postos de trabalho.

O engenheiro indicou também outros projectos de exploração de ouro já em fase avançada, prevendo-se a sua entrada em funcionamento no segundo semestre deste ano.

Trata-se dos projectos de Buco-Zau e Lufo, localizados em Buco-Zau e Belize na província de Cabinda, ambas com uma produção anual estimada em três mil e 858 onças, assim como o projecto de Tiandai Mining localizada em Nambuangongo na província do Bengo.

No mercado internacional, a cotação da onça de ouro varia entre mil e 200 a mil 500 dólares norte-americanos. Uma onça equivale a 28,34 gramas.

Em relação a outros minérios, anunciou existirem negociações com investidores nacionais e estrangeiros para início da exploração de ferro na província da Huíla (projecto Cassinga).

A sessão de abertura da jornada do dia do trabalhador mineiro, que se assinala no dia 27 de Abril, cujo acto central será realizado na província do Huambo, foi presidida pelo secretário de Estado para Geologia e Minas, Jânio da Rosa Victor.


 

Leia também
  • 08/12/2018 23:11:01

    Exploração de ouro no Chipindo retoma em Janeiro de 2019

    Chipindo A exploração de ouro no município de Chipindo, que dista a 456 quilómetros a norte do Lubango, província da Huíla, será retomada em Janeiro de 2019, anunciou hoje (sábado) o administrador local, Daniel Salupassa.

  • 27/09/2018 20:19:52

    Angola aposta na busca de investimento para rochas ornamentais

    Luanda - Angola vai continuar a apostar na busca de investimento privado nacional e estrangeiro, para fazer das províncias da Huíla e Namibe um centro de excelência na exploração e transformação de rochas ornamentais, afirmou hoje, em Verona (Itália), o secretário de Estado para Geologia e Minas, Jânio Victor.

  • 14/09/2018 18:27:51

    Seminário recomenda diálogo entre empresas mineiras

    Lubango - A promoção de diálogo entre as empresas mineiras de ouro, que exerçam a actividade nas áreas concessionadas para o seu enquadramento em projectos relacionados, figura das recomendações seminário regional sobre recursos minerais e comercialização de derivados do petróleo.