Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Abril de 2019 | 20h52 - Actualizado em 24 Abril de 2019 | 20h52

Multicaixa Express vai substituir cartões físicos

Luanda - O aplicativo Multicaixa Express (MCX Express), criado pela empresa interbancária de serviços, EMIS, vai desmaterializar, de forma paulatina, o uso dos cartões multicaixas físicos no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cartões multicaixas físicos deixarão de ser utilizados

Foto: Tarcísio Vilela

Apresentado esta quarta-feira  aos profissionais dos  órgãos  da  Comunicação  Social, em conferência  de imprensa, promovida pela direcção da EMIS, o  aplicativo  já  está  disponível  nas lojas  da Apply  Store  e  da Google Play.

 A ferramenta  para smartfhones, que  foi testada por  um período de  sete  meses  já mereceu  a adesão  dos  bancos  comercias e  utentes  já  começaram a abaixar  o  respectivo aplicativo, que  prevê  impulsionar  a bancarização  e a massificação  dos pagamentos  electrónicos.

O dispositivo oferece solução para pagamentos, consultas, levantamentos  e transferências, através  do telemóvel.

Desde que o telefone  disponha de  saldo de  dados ou esteja ligado à rede Hi-Fi, com o  MCX Express,  é possível já pagar  água,  luz,  televisão,  internet,  comprar  bilhetes  de passagem  de avião,  carregar  o saldo do telemóvel,  consultar  o saldo e movimentos,  fazer transferências, além de  permitir  fazer pedidos  de  levantamento  sem cartão.

De acordo com o presidente da Comissão  Administrativa da EMIS, José Matos,  o MCX Express  vai proporcionar  maior  conveniência  e  comodidade aos  clientes bancários  e, num futuro  próximo, entre  Julho e  Agosto deste ano,  oferecerá   novas  formas inovadoras  de fazer pagamentos  electrónicos.

“O Multicaixa  Express será  o veículo  utilizado para dinamizar  o comércio electrónico  em Angola,  na medida  em que irá  viabilizar, dentro de alguns  meses,  o pagamento  com o  cartão  débito multicaixa  de compras  feitas  na Internet”, avançou o PCE da  EMIS,  José Matos.

Para além da  conveniência para os utentes,  EMIS  garante que o MCX  Express  reforça  a segurança  em todas  as  operações  financeiras na medida  em que desmaterializa  o cartão   físico e  utiliza  um PIN  especifico de seis  dígitos.  

A EMIS pretende  com este  serviços,  continuar  a  contribuir para a  massificação  dos pagamentos  electrónicos, com  vista  a  reduzir a  circulação de  dinheiro  físico no mercado  angolano.

 Como  aderir  e activar o Multicaixa Express

Para  aderir  a este  dispositivo basta  junto de uma caixa  automática inserir o cartão multicaixa, Seleccionar  outras operações; Opção multicaixa Express Adesão  ao Serviço, Inserir o número  de telemóvel, Definir  um PIN MCX  Express com seis dígitos e Confirme os dados.

Depois deste passo, segue-se um outro que consiste em efectuar o download  do aplicativo (APP)  no telemóvel e de  seguida  selecciona-se  a opção  entrar e insere-se  o número  do  telemóvel   e o PIN MCX Express definido  no caixa  automático.

Com o código  de activação   que será  enviado  para  inserir  na APP,  o serviço  fica  disponível a  ser  utilizado.

 De referir que os dados  de adesão  e registo  no MCX Express  para  utilizador  devem ser  sempre  o  telemóvel pessoal.

 O sistema  permite associar  até  25  cartões   multicaixas  do mesmo  banco ou  de bancos  diferentes.

No MCX Express  só são  aceites  cartões  de marca multicaixa, de acordo com a EMIS.

Até  hoje,  mais de 70 mil clientes bancarizados  já  activaram   este  dispositivo.

  Há  18  anos  no  mercado, a EMIS  é a  gestora  do sistema  de  pagamentos  de  Angola, apresentando  a marca  de cartões multicaixa que  atingiu  mais de  4,5 milhões  de  cartões,  quatro milhões  de operações  e movimente  mais  de 559 mil milhões  de kwanzas por mês.

Assuntos Banco   Economia   Finanças  

Leia também
  • 24/04/2019 20:43:13

    Mais de 80 expositores confirmam presença na 1ª edição da Expo-Malanje

    Malanje - Mais de oitenta empresas, entre nacionais e estrangeiras, ligadas aos sectores da banca, seguros, indústria, agricultura e energia e águas estão já confirmadas para participar na primeira edição da Feira Internacional de Malanje (Expo-Malanje), a decorrer de 2 a 5 de Maio próximo, no Pavilhão Palanca Negra.

  • 24/04/2019 16:47:00

    Seis bancos dominam mercado angolano

    Luanda - Seis bancos, de um total de 26 instituições financeiras, dominam o mercado bancário angolano, com uma quota de 77 porcento, anuncia o jornal Mercado, na sua edição de 19 de Abril.

  • 23/04/2019 19:25:31

    Sonangol transfere competências à nova concessionária

    Luanda - O secretário de Estado dos Petróleos, José Alexandre Barroso, afirmou, nesta terça-feira, que a Sonangol já está a proceder, desde dia 18 do mês em curso, à transferência efectiva das competências à Agência Nacional de Petróleo Gás e Biocombustíveis (ANPG).