Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

25 Abril de 2019 | 23h53 - Actualizado em 26 Abril de 2019 | 08h13

Seca compromete campanha agrícola na totalidade

Ondjiva - A campanha agrícola a nível do Cunene está totalmente comprometida, visto que mais de 205,3 mil hectares de cultivo de cereais, como o massango, massambala e milho, já não têm possibilidade de maturação, devido à escassez de chuva na província.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cunene: Cidade de Ondjiva, vista aérea

Foto: TARCISIO VILELA

O reconhecimento é do governador provincial, Vigílio Tyova, segundo o qual, em função do fenómeno, estão perdidas mais de 80 mil toneladas da produção projectada para a campanha agrícola 2018/2019/2020, cujas sementes foram lançadas à terra em Outubro último.

“Nessa campanha agrícola estão envolvidas 99 mil famílias camponesas, que aproveitaram somente 40% dos 205 mil e três hectares de terra previsto para o cultivo. Mas em virtude da escassez de chuvas, o cultivo de cereais não teve o desenvolvimento desejado”, informou.

Em entrevista à Angop, o governador provincial, Vigílio Tyova, frisou que, de Outubro à presente data, registaram-se menos de 75 mililitros de água por metro quadrado, o insuficiente para sustentar a produção, numa altura em que seriam necessários 400 a 500 mililitros.

“(….) Esta situação remete-nos a uma conclusão de resultado óbvio de que não haverá colheita nesta campanha agrícola”, expressou o governante, realçando que a seca na região é um fenómeno cíclico que se vive desde 1994, daí que apelamos a cultura de reservas de água.

Entre as medidas imediatas, disse, “temos pedido aos camponeses, sobretudo os que estão próximo do Rio Cunene, a aproveitarem ao máximo as correntes de água de Abril e Setembro, para realizarem o cultivo de hortícolas, como alternativas para contrapor a estiagem”.

A província do Cunene conta com duas mil famílias organizadas em associações, cooperativas e em grupos solidários, com vontade de trabalhar, mas que, infelizmente, vêem-se contrariadas pelas condições climáticas (seca) que afectaram toda a actividade agrícola local.

Face à situação, o Gabinete Provincial da Agricultura predispôs-se em apoiar os camponeses com dez toneladas de sementes de massango, igual número de massambala, dez toneladas de fertilizantes compostos, mil enxadas, 200 machados, duas mil catanas, mil pás e 300 limas.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 26/04/2019 13:29:11

    Seca compromete campanha agrícola na totalidade

    Ondjiva - A campanha agrícola a nível do Cunene está totalmente comprometida, visto que mais de 205,3 mil hectares de cultivo de cereais, como o massango, massambala e milho, já não têm possibilidade de maturação, devido à escassez de chuva na província.

  • 24/04/2019 20:27:08

    Ministério da Agricultura reforça combate a seca no Cunene

    Ondjiva- A abertura de 15 furos de água, a aquisição de vacinas e medicamentos para o gado bovino fazem parte da estratégia do Ministério da Agricultura e Florestas no reforço ao combate à seca que assola a província do Cunene, anunciou, quarta-feira, em Ondjiva, o titular da pasta, Marcos Nhunga.

  • 23/04/2019 08:47:34

    Governador quer mais denúncias de roubo de gado

    Ondjiva- A necessidade de mais denúncias da população em casos de roubo de gado, com realce para o bovino, foi defendida nessa terça-feira, em Ondjiva, pelo governador do Cunene, Vigílio Tyova.