Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Abril de 2019 | 19h25 - Actualizado em 23 Abril de 2019 | 19h33

Sonangol transfere competências à nova concessionária

Luanda - O secretário de Estado dos Petróleos, José Alexandre Barroso, afirmou, nesta terça-feira, que a Sonangol já está a proceder, desde dia 18 do mês em curso, à transferência efectiva das competências à Agência Nacional de Petróleo Gás e Biocombustíveis (ANPG).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A Sonangol detinha, cumulativamente, os papéis de concessionária e operadora.

Foto: Pedro Parente

Falando à margem de um encontro de apresentação do relatório do mercado  de petróleo durante o 1º trimestre  de  2019,  lembrou que um dos  principais  focos da  ANPG  será  a atribuição de  concessões  para  a  exploração.

“ A  Agência foi criada  com o  objectivo de  cuidar da   função concessionária,  portanto  há  transferência  efectiva, desde o dia  18, desta  função  da  Sonangol para a Agência  e os  programas  que  já estavam em curso e os novos  vão  começar a ser tratados pela ANPG”, referiu.

A  manutenção dos níveis de produção, a descoberta de novas  reservas e  desenvolvimento  de campos  já em exploração são,  entre outras,  apostas  do  sector.  

O quadro legal para o exercício efectivo da função concessionária da Agência Nacional de Petróleo Gás e Biocombustíveis (ANPG) foi concluído com a publicação da  Lei 5/19,  de 18 de Abril, que altera a Lei 10/04 de 12 de Novembro , Lei das Actividades Petrolíferas .

Criada por  via  do  Decreto Presidencial de 48/19,  de  6 de  Fevereiro, a  Agência  Nacional de Petróleo,  Gás e Biocombustivéis, na qualidade de concessionária nacional passa  a regular, fiscalizar e promover  a execução das actividades  petrolíferas, gás e biocombustiveis.

Assegurar uma maior  coordenação política, eliminar eventuais conflito  de interesses, aumentar  a transparência e a eficácia dos  processos e criar condições de atractividade do investimento privado, na  indústria petrolífera, são entre  outras  responsabilidades  atribuídas à ANPG.

Assuntos Economia   Petróleos  

Leia também
  • 24/04/2019 09:33:44

    Brent abre em terreno negativo em Londres

    Londres- O barril de petróleo Brent para entrega em Junho começou a ser negociado, nesta quarta-feira, em baixa no mercado de futuros de Londres, cotado a USD 74,22 dólares, uma variação de -0,50 por cento, em relação ao fechamento da sessão anterior.

  • 23/04/2019 19:17:15

    Executivo lança estratégia de desenvolvimento "Angola 2050"

    Luanda - O Ministério da Economia e Planeamento (MEP) lança quinta-feira próxima, em Luanda, a Estratégia de Desenvolvimento de Longo Prazo "Angola 2050"- um documento que orienta as acções dos governos, desde o ano 2000.

  • 23/04/2019 19:04:27

    Porto de Luanda com insuficiência de meios técnicos

    Luanda - Falta de scanner, RX e equipamentos de CCTV para segurança de pessoas e bens constituem as principais insuficiências constatadas no Porto de Luanda, na visita efectuada hoje pelo 2º Comandante-Geral da Polícia Nacional, António Pedro Kandela.