Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

01 Maio de 2019 | 18h58 - Actualizado em 02 Maio de 2019 | 10h26

Ministra das pescas inaugura entreposto frigorífico pesqueiro no Uíge

Uíge - Um entreposto frigorífico pesqueiro, com a capacidade para conservar 400 toneladas de pescado, foi inaugurado hoje (quarta-feira), na cidade do Uíge, pela ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, no âmbito das celebrações do 1 de Maio, Dia Internacional do Trabalhador.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Josefa Sabina Baptista

Foto: Francisco Miúdo

O projecto, orçado em um milhão e duzentos mil euros, num investimento da empresa privada nacional Crisgunza, localiza-se na aldeia de Kissanga, arredores do município sede da província, e visa contribuir para reestruturação do circuito de comercialização do peixe na região.

O empreendimento, que permitiu criar cerca de 20 novos postos de trabalho directo,  tem capacidade para tratar, armazenar e comercializar o pescado com qualidade e em condições higiénico-sanitária nos 16 municípios da província.

Na ocasião, a ministra das Pescas e do Mar, no Uige desde terça-feira para avaliar o sector, destacou à importância do projecto que vai garantir a aquisição do pescado em melhores condições de conservação por parte da população.

Maria Antonieta Baptista solicitou ainda aos proprietários para que garantam as condições de trabalho dos funcionários, sobretudo no que se refere a equipamentos de protecção individual e outros meios de segurança, tendo acrescentado que à sua entrada em funcionamento é um incentivo a outros interessados em investir no ramo.

A mesma empresa contruiu igualmente uma fabrica de chpas de zinco, inaugurada tambem hoje, pelo governador Pinda Simão. A unidade fabril tem uma capacidade para produzir 15 metros de chapas por minuto e cerca de 30 toneladas-dia.

Segundo o responsável, os empreendimentos ora inaugurados, faziam muita falta aos habitantes do Uíge, visto que a província regista um deficit de indústrias nos diversos domínios para a produção de bens para os cidadãos e melhorar às suas condições de vida.

Entre outros projectos que executa nesta parte do território nacional, a Crisgunza está a construir um complexo residencial com 40 casas dos tipos t1, t2 e t3, na povoação de Kissanga, a cerca de cinco quilómetros a Sul da cidade.

Assuntos Economia   Pesca   Província » Uíge  

Leia também