Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

02 Maio de 2019 | 20h58 - Actualizado em 02 Maio de 2019 | 20h58

Novas regras vão impulsionar actividade florestal no país

Uíge - A exploração dos recursos florestais vai conhecer avanços, a partir deste ano, com a entrada em vigor de novas regras legais sobre o exercício da actividade, disse hoje, no Dange-Quitexe, o secretário de Estado das Florestas, Jesus Moda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

“Os instrumentos legais que dificultavam o bom exercício da exploração florestal já estão publicados e a partir de agora ninguém deve ignorar às suas atribuições para o seu melhor exercício”, disse o dirigente na abertura do ano  florestal/2019, que decorreu na aldeia de Zonda, município do Dange-Quitexe, na província do Uíge.

Entre outros regulamentos legais para o exercício da actividade, apontou a política florestal, a Lei de Bases da Fauna Selvagem, o regulamento e o inventário florestal nacional, assim como a entrada em vigor, dentro em breve, do regulamento da caça e o programa de povoamento florestal.

Segundo Jesus Moda, os referidos instrumentos faziam muita falta no exercício da actividade florestal em Angola, pelo que, doravante, o sector vai conhecer uma nova dinâmica, sublinhou o secretário em missão de serviço na região.

Já a vice-governadora do Uíge para o sector político, económico e social, Catarina Domingos, defendeu a necessidade de um combate cerrado contra a exploração ilegal da madeira e outros recursos florestais na província.

Na ocasião, apelou aos madeireiros a empenharem-se para uma maior protecção do ambiente para que se faça uma exploração equilibrada das florestas do país, de modo a buscar a sua sustentabilidade.

Durante o acto, testemunhado por responsáveis e técnicos do Ministério da Agricultura e Florestas, membros do governo local, madeireiros e autoridades tradicionais, foram anunciadas as 16 novas empresas que beneficiaram de licenças para o exercício da actividade florestal na província do Uíge.

Actualmente estão já licenciados para fazer a exploração da madeira na província 44 madeireiros distribuídos pelos diversos municípios.

Leia também
  • 01/05/2019 18:58:16

    Ministra das pescas inaugura entreposto frigorífico pesqueiro no Uíge

    Uíge - Um entreposto frigorífico pesqueiro, com a capacidade para conservar 400 toneladas de pescado, foi inaugurado hoje (quarta-feira), na cidade do Uíge, pela ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, no âmbito das celebrações do 1 de Maio, Dia Internacional do Trabalhador.

  • 01/05/2019 01:50:12

    Responsáveis formados sobre plano de desenvolvimento da pesca artesanal

    Uíge - Administradores municipais, adjuntos, directores e outros responsáveis no Uíge participaram, nesta terça-feira, nesta cidade, numa formação sobre o plano de desenvolvimento da pesca artesanal, promovido pelo Ministério das Pescas e do Mar.

  • 30/04/2019 20:20:50

    Lançado projecto de fomento do auto-emprego no meio rural

    Uíge - Um projecto para o fomento do auto-emprego no meio rural nos domínios da agricultura familiar, construção de tanques para aquicultura e criação de cooperativas de pesca, foi lançado hoje (terça-feira), no município do Negage, província do Uíge, pela secretária de Estado para a Juventude, Guilhermina Fundanga Manuel.