Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Maio de 2019 | 16h48 - Actualizado em 14 Maio de 2019 | 16h48

Bebidas têm maior relevância na tendência de consumo

Luanda - Refrigerantes como Blue e Coca-cola e a cerveja Cuca assumem maior relevância nas tendências do consumidor angolano, indica um estudo apresentado hoje em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

A apresentação contou com a presença de gestores de empresas que actuam no mercado nacional

Foto: JOAQUINA BENTO

O estudo sobre “ Tendência do consumidor no mercado angolano”, foi elaborado no período entre 2012-2019, pela “Superbrands”, e inqueriu mais de cinco mil cidadãos.

A pesquisa procurou avaliar as preferências dos consumidores com base na proximidade, confiança, afinidade, satisfação e notoriedade de formas a identificar a relevância das marcas que consideram únicas.

Numa análise por faixa etária, outros sectores que mereceram a atenção dos consumidores são as telecomunicações e electrónicos de consumo, obtendo uma elevada receptividade junto do segmento jovem da população, uma lógica de consumo e facilitação da vida no dia-a-dia.

Os sectores em erosão são os serviços institucionais, transporte e mobilidade, turismo, seguros, electrodomésticos.

Segundo o oficial sénior da Superbands, Pedro Vaz, é evidente que as marcas ofereçam vantagens relevantes, daí ser “bom” destacar as boas práticas no mercado e, ao mesmo tempo, tornar visível o reconhecimento que o mercado faz do seu trabalho.

O objectivo do estudo, de acordo com o interlocutor, é fazer uma análise destes anos todos, perceber como os consumidores foram mudando na sua relação com os sectores e tentar tipificar as marcas que se destacam de todas e há, de facto, marcas que se destacam ao longo os anos”, realçou.

Com a pesquisa, salientou a fonte, deu para se perceber que com as mudanças que existem na economia as marcas nacionais ganharam seu espaço no mercado.

Referiu também que as marcas com relevância tendem a ser de natureza de bens e serviços e não apresentam diferenças significativas em termos sociodemográficos.

Superbrands é uma organização internacional independente e de referência na distinção da Marcas de excelência, presente em 89 países, e em Angola desde 2011. Já distinguiu inúmeras marcas pelo seu desempenho e pela sua excelência.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 13/05/2019 18:14:59

    País já produz e exporta pré-misturas para padarias

    Luanda - Padarias e pastelarias em Angola já adquirem, localmente, pré-misturas e misturas de preparados em pó para a produção de variedades de pães, bolos e gelados, que há menos de cinco anos eram importados, informou hoje o gestor de projectos da Biagio Industrial, Paulo Santos.

  • 13/05/2019 16:19:33

    Biocom ajuda país a poupar USD 170 milhões

    Malanje - A Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom) permitiu o país poupar, de 2015 a 2018, cerca de 170 milhões de dólares norte-americanos, com a produção nacional de açúcar e etanol, disse hoje o director de produção da empresa, Ricardo Guerra.

  • 13/05/2019 11:05:36

    Grevistas impedem circulação no CFL

    Luanda - Pelo menos 50 funcionários dos Caminhos de Ferro de Luanda (CFL), em greve desde 18 de Abril último, impediram, na manhã de hoje, a saída de um comboio da estação dos musseques, com destino à estação de Viana.