Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Maio de 2019 | 21h31 - Actualizado em 23 Maio de 2019 | 21h31

Hollande aponta caminho para desenvolvimento do turismo

Luanda - O antigo Presidente francês, François Hollande, disse, nesta quinta-feira, em Luanda, que o desenvolvimento do turismo depende da existência de infra-estruturas e de uma política turística forte, que permite atrair turistas nacionais e estrangeiros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Antigo Presidente Francês, François Hollande

Foto: Nelson Malamba

Ao dissertar no painel “Visão sobre o turismo no Mundo – desenvolvimento e inovação”, inserido no Fórum Mundial do Turismo (WTF-sigla inglesa), que o país acolhe desde hoje, François Hollande, disse ser necessário a aposta em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC'S), diferenciação de lugares para turismo, bem como a formação de pessoal em diferentes níveis.

Na visão do ex-presidente francês, para desenvolver o turismo é importante ser um país que oferece segurança, de modo que os turistas possam sentir-se estáveis.

François Hollande entende que a política turística deve ser acompanhada de medidas tendentes a garantir a preservação do meio ambiente e da cultura, do património, valorização de etnias e da população.

Disse que o Estado não deve entregar toda iniciativa ao sector privado, que o turismo deve ser uma política do Estado, devendo este criar condições para atrair receitas, investindo na acessibilidade, transportes, aeroportos e outras áreas importantes para o sector turístico.

Citou, a título de exemplo, que em França o Ministério do Turismo foi ligado aos Negócios Estrangeiros para dinamizar o sector.

Entende ser importante escolher os lugares que deverão ser promovidos, devendo ter lugares únicos e excepcionais, diversificados para atrair vários tipos de turistas.

Em relação ao papel dos países africanos no mercado turístico, que representa cinco porcento, François Hollande sublinhou ser importante que o continente possa atrair turistas africanos e depois os de outros continentes.

“A França é o primeiro em termos de chegadas e o quinto em termos de receitas, porque as estadias são muito curtas. Devemos nos focar não no número de visitantes, mas na forma como eles gastam”, disse.

O Fórum Mundial do Turismo, que reúne cerca de 1.500 (mil e quinhentos) delegados, pode trazer oportunidades de investimento nos sectores da construção, transportes, energia e águas e agricultura, bem como proporcionar empregos.

Assuntos Turismo  

Leia também
  • 23/05/2019 21:54:38

    Ex-governador de Londres acredita no turismo angolano

    Luanda - O ex-governador Londres, Ken Livingston, considerou nesta quinta-feira, em Luanda, que Angola é um país por descobrir e com futuro turístico promissor no mundo.

  • 23/05/2019 21:38:30

    Grupo Radisson quer construir cinco hóteis em Luanda

    Luanda - Cinco hotéis de 3 a 5 estrelas deverão ser construídos no país, nos próximos anos, pela cadeia internacional de hotéis Radisson Hotel Group, anunciou nesta quinta-feira, em Luanda, o seu encarregado para área de Desenvolvimento em África, Erwan Garnier.

  • 23/05/2019 21:32:48

    Falta de dinheiro condiciona infra-estruturação de pólos turísticos

    Luanda - Os avanços em infra-estruturas básicas e operacionais nos pólos de DesenvolvimentoTurístico de Okavango (Cuanda Cubango), Calandula (Malanje) e de Cabo Ledo (Luanda), os maiores de Angola em área, estão condicionados a financiamento.