Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

22 Maio de 2019 | 14h19 - Actualizado em 22 Maio de 2019 | 16h12

Municípios licenciam transportes rodoviários no Bengo

Caxito - O licenciamento de motociclos para o serviço de táxi e de veículos para rent-a-car passará a ser efectuado pelos municípios, no âmbito do processo de reforma administrativa em curso no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, o director-geral do Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários, Jorge Bengue, explicou que os municípios passaram desde Novembro último a ter maior competência, o que levou o ministério de tutela  a elaborar um plano de capacitação que lhes permita efectivar o exercício das competências que agora são da administração local do Estado.

Informou que o transporte urbano de passageiros passou para a tutela dos governos provinciais e algumas tarefas simples, como o licenciamento de motociclos, de táxi, de veículos de rent-a-car, que não têm sido feitas em muitas províncias, passarão a ser efectuadas a nível local.

No âmbito do processo de transferência de competências aos órgãos da administração local do Estado, 50 técnicos e quadros dos gabinetes provinciais dos transportes do Bengo, Zaire e Uíge foram capacitados nesta terça-feira em matérias de licenciamento dos serviços de transportes rodoviários regulares e ocasionais de passageiros, numa promoção do Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários.

Na ocasião, o director do Gabinete Provincial dos Transporte, Tráfego e Mobilidade Urbana do Bengo, Cândido da Costa Cadifete, disse que a transferência de competências vai potenciar os municípios  e criar as condições para o transporte urbano.

Para este ano, o sector dos transportes no Bengo perspectivou promover um sistema integrado de transporte público, devido à exiguidade de meios na província,  e a criação de parcerias para o escoamento dos produtos do campo para cidade.

Em 2018, foram licenciadas no Bengo 66 viaturas de transportes colectivos de passageiros e de mercadorias, que permitiram a arrecadação para os cofres do Estado de um milhão de  kwanzas.


 

Assuntos Transporte  

Leia também
  • 22/05/2019 02:01:36

    Operadores repõem preço da tarifa no trajecto Moçâmedes - Lubango

    Moçâmedes - O preço do bilhete de passagem em miniautocarros que fazem o trajecto Moçâmedes (Namibe) ao Lubango (Huíla), vice-versa, voltou terça-feira, a ser praticado ao valor de mil e 500 Kwanzas, depois dos dois mil cobrados nas últimas 24 horas.

  • 14/05/2019 20:12:49

    CFM arrecada mais de 200 milhões de Kwanzas em três meses

    Lubango - Duzentos e 19 milhões, 678 mil e 545 Kwanzas é o valor arrecadado pelo Caminho-de-Ferro de Moçâmedes (CFM), com o transporte de carga diversa e passageiros, em mil e 35 comboios comerciais efectuados, durante o primeiro trimestre deste ano.

  • 13/05/2019 11:05:36

    Grevistas impedem circulação no CFL

    Luanda - Pelo menos 50 funcionários dos Caminhos de Ferro de Luanda (CFL), em greve desde 18 de Abril último, impediram, na manhã de hoje, a saída de um comboio da estação dos musseques, com destino à estação de Viana.