Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

21 Maio de 2019 | 10h11 - Actualizado em 21 Maio de 2019 | 10h09

Receitas tributárias atingem Akz 17 mil milhões na 4ª Região

Lobito - Pouco mais de dezassete mil milhões de kwanzas foram arrecadados com o pagamento de impostos, de Janeiro até Março deste ano, pela Administração Geral Tributária (AGT), a nível da 4ª Região Tributária do país, mais sete mil milhões do que em 2018, soube-se hoje.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Administração Geral Tributária - AGT

Foto: Divulgação

Falando a jornalistas, no Lobito, a directora da 4ª Região Tributária, Nara Júnior, afirmou que, no primeiro trimestre de 2019, a arrecadação de receitas alcançou um superávit de 74 porcento em relação ao período homólogo do ano passado, em que tinham sido arrecadados 10 mil milhões de kwanzas nesta zona.

Sublinhando o crescimento das receitas nesta Região Tributária, que corresponde as províncias de Benguela, Bié, Cuanza Sul e do Huambo, Nara Júnior explicou que este ano, até Março, o montante arrecadado esteve acima da previsão para este período de 2019.

Referindo-se ao nível de arrecadação por repartições fiscais, apontou que a repartição do Lobito, com mil contribuintes controlados, é a que mais arrecada para os cofres do Estado, seguindo-se a de Benguela, Huambo e do Sumbe, na província do Cuanza Sul.

A título de exemplo, avançou que as repartições do Lobito e de Benguela, na mesma província, encaixaram, respectivamente, três mil milhões e 672 mil kwanzas e três mil milhões e 208 mil no primeiro trimestre de 2019, sendo que a província do Huambo cobrou dois mil milhões e 173 milhões.

Ainda acrescentou que o Imposto de Selo (IS) representava a maior parte da receita arrecadada pela Administração Geral Tributária na 4ª Região, assim como o Imposto sobre o Rendimento de Trabalho (IRT) e o Imposto de Consumo (IC).

Questionada sobre o Imposto Predial Urbano (IPU), a responsável diz ter contribuído com 572 milhões de kwanzas para o exercício de 2019 e ressaltou que  há margem para o crescimento deste imposto, quer na sua modalidade de renda ou propriedade, dada a sua base muito alargada. “Nasce um prédio e logo a seguir podemos cobrar o IPU”.

Ainda assim, Nara Júnior falou da necessidade de haver cada vez mais sensibilização e palestras aos contribuintes, nomeadamente sobre o processo de cadastro e as vantagens de se ter os imóveis inscritos.

Relativamente a fuga ao fisco, avançou que este fenómeno verifica-se em quase todos os impostos, embora em alguns com maior índice, como é o caso do imposto de rendimento, onde nem sempre se declara com transparência aquilo que é realizado, como atestou a fonte.

“Temos notado algumas discrepâncias frequentes naquilo que são os proveitos declarados”, salientou, notando que, às vezes, os contribuintes declaram um valor de imposto de selo diferente do imposto industrial e que, por isso, a AGT tem estado a trabalhar no combate a esta prática para, desta forma, reduzir os níveis de erosão da receita não petrolífera.

Com pouco mais de três mil contribuintes, a 4ª Região Tributária tem 17 repartições fiscais, quatro delegações aduaneiras e igual número de postos de atendimento fiscal, distribuídos entre as províncias de Benguela (cujo município do Lobito é a sede regional), Bié, Cuanza Sul e Huambo.

Leia também
  • 16/05/2019 19:35:40

    Vacinadas mais mil cabeças de gado bovino contra carbúnculo hemático

    Ganda - Mil e 32 cabeças de gado bovino foram vacinadas, nos últimos 13 dias, no município da Ganda (Benguela), contra o carbúnculo hemático, dermatite nodular e peripneumonia contagiosa, durante a campanha de imunização animal que decorre desde finais de Abril último na região.

  • 04/11/2018 19:40:32

    Feira de literacia financeira termina com mais de 16 mil visitantes

    Benguela - Dezasseis mil 928 pessoas visitaram a feira de educação financeira do Banco Nacional de Angola (BNA), de 27 de Outubro até hoje, domingo, no jardim 11 de Novembro, desta cidade, no quadro das festividades do 42º aniversário da instituição e do 31 de Outubro, Dia Mundial da Poupança.

  • 02/11/2018 10:13:46

    Fazenda Vista Alegre prevê aumentar produção de álcool etílico em 2019

    Lobito - Aumentar a produção de álcool etílico para cerca de 50 mil litros por dia, em 2019, de forma a satisfazer as necessidades do mercado nacional, é uma das metas da Fazenda Agro-industrial Vista Alegre, do grupo Alves & Irmãos, instalada na comuna do Cayave, município de Caimbambo, em Benguela.