Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

05 Junho de 2019 | 14h52 - Actualizado em 05 Junho de 2019 | 18h24

Assinado acordo para maior inserção do gás na matriz energética

Luanda - Um acordo de crédito para uma maior inserção do gás natural na matriz energética do país foi assinado hoje, em Luanda, pelo Governo angolano e o Fundo de Financiamento Americano (NFE Internacional).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Entrega de pastas no acordo, rubricado pelo Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo (esq), e por Wesley Robert Edens, da NFE Internacional (dir)

Foto: Rosário dos Santos

O acordo, rubricado pelo ministro dos Recursos Minerais e Petróleos (Mirempet), Diamantino Azevedo, pela parte angolana, e por Wesley Robert Edens, pela NFE Internacional, envolve também os ministérios da Energia e Águas (Minea) e o das Finanças (MINFIN).

Segundo o ministro Diamantino Azevedo, que falava na Conferência "Angola de Petróleo e Gás”, o objectivo do governo é que o gás tenha uma inserção significativa na economia de Angola.

A Conferência “Angola Petróleo e Gás” vai no seu segundo dia e conta com a participação das principais companhias petrolíferas de referência mundial.

Entre outros assuntos, o evento debateu, na manhã de hoje, temas como “O financiamento no sector petrolífero", "As mulheres na indústria de petróleo e gás" e "A monetização e a distribuição do gás no sector petrolífero”.

Leia também
  • 04/06/2019 21:52:34

    Quotas da Sonangol acima dos 10% da produção nacional

    Luanda - A quota de produção da Sonangol oscila entre 10 e 20 por cento do total nacional, estimado em um milhão e 400 mil barris por dia, disse hoje o presidente do Conselho de Administração da empresa, Sebastião Pai Querido.

  • 04/06/2019 18:35:30

    Estabilidade fiscal assegura investimento nos petróleos

    Luanda - As acções desenvolvidas pelo Executivo para a estabilidade fiscal e contratual, as reformas políticas e económicas, para um ambiente de negócios transparente e competitivo, vão assegurar os investimentos no sector dos petróleos, afirmou nesta terça-feira a administradora da ANPG, Natacha Massano.

  • 04/06/2019 17:59:39

    Sonangol vai alienar 72 empresas do grupo

    Luanda - Setenta e duas empresas subsidiárias do Grupo Sonangol serão alienadas em breve, no âmbito do processo de reestruturação em curso na companhia, anunciou nesta terça-feira, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da petrolífera nacional, Sebastião Pai Querido.