Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Junho de 2019 | 18h53 - Actualizado em 06 Junho de 2019 | 19h10

Grupo Castel preparada para lidar com IVA

Luanda - O Grupo Castel, um dos maiores no sector refrigerantes e cervejas do País, está apto para implementar o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a partir de 01 de Julho, tendo já preparado os técnicos e os sistemas tecnológicos e de informação para processar esse imposto.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luís Nunes, Director Nacional Comercial Marketing do Grupo Castel

Foto: Francisco Miúdo

Em declarações à Angop, o director Nacional Comercial e marketing, Luís Nunes, referiu que embora o pouco sistema de informação e uma economia muito informal, o Grupo Castel tem tudo acautelado para o processo.

Por outro lado, Luís Nunes mostrou-se preocupado, uma vez que algumas empresas, fornecedores e os próprios consumidores não estejam preparados para implementação do IVA, tendo em conta que o seu impacto pode causar alguma inflação no mercado, pois algumas variáveis não estão suficientemente acauteladas.

“O IVA vai causar um grande impacto aos consumidores através do aumento dos preços dos produtos”, referiu.

 O director referiu ainda que as empresas vão vender e pagar imposto de consumo durante o mês de Junho, mas em Julho, o stock vendidos vai ter impacto directo na duplicação de imposto, imposto de consumo e o IVA, o que pode causar inflação imediata.

 “Os produtos alcoólicos vão ser nestas alterações fiscais bastante onerosos, e o consumidor vai ressentir da inflação em muitos produtos. As empresas cervejeiras serão bastante penalizadas”, referiu.

 O Imposto de Valor Acrescentado (IVA) passará a constar da factura em todas fases da transacção de um bem ou serviço, esse imposto indirecto, com incidência sobre bens produzidos localmente e importados, assim como os serviços, aprovado em Fevereiro de 2019, pela Assembleia Nacional, entra em vigor a 01 de Julho próximo e substituirá o imposto de consumo.

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 06/06/2019 16:52:15

    Softwares para IVA aguardam certificação

    Luanda - Oitenta softwares a serem utilizados pelos agentes económicos para implementação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) aguardam por certificação na plataforma da Administração Geral Tributária (AGT), informou nesta quinta-feira, em Luanda, o coordenador técnico do IVA em Angola, Adilson Sequeira.

  • 31/05/2019 18:27:20

    IVA vai constar da factura

    Luanda - O Imposto de Valor Acrescentado (IVA) passará a constar da factura em todas fases da transacção de um bem ou serviço, ao contrário do que acontece actualmente com o imposto de consumo cuja taxa não vem inscrita na maioria das facturas.

  • 28/05/2019 16:24:21

    AGT actualiza cadastro de contribuintes para colecta do IVA

    Luanda - A Administração Geral Tributária (AGT) já actualizou, de forma oficiosa, o cadastro de 421 grandes contribuintes que, a partir do dia 01 de Julho, passam a cobrar o Imposto Sobre Valor Acrescentado (IVA) nas suas transacções.