Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Junho de 2019 | 16h44 - Actualizado em 10 Junho de 2019 | 16h44

Huambo: Toneladas de sementes de arroz em preparação no IIA

Huambo - Cinco toneladas de semente de arroz estão a ser preparadas pelo Instituto de Investigação Agronómica (IIA), na província do Huambo, para serem entregues, em Setembro, aos produtores desta província e do Bié, no âmbito do projecto de desenvolvimento do cultivo deste cereal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Produção de arroz

Foto: Valentino Yequenha

O anúncio foi feito hoje, nesta região, em declarações à Angop, pelo técnico do projecto, Adão Gonçalves Pinheiro, informando que a distribuição aos 200 produtores, agrupados em cooperativas, será feita pelo Instituto de Desenvolvimento Agrário.

Informou que na província do Huambo, com maior número de produtores a se beneficiar, serão distribuídas 13 variedades, enquanto na província do Bié os produtores vão ter acesso a 15 variedades.

Explicou que estas variedades, com rendimentos entre 1.8 a 6.7 toneladas por hectare, foram seleccionadas das 23 investigadas desde 2003, tendo apresentado resultados satisfatórios no tocante à adaptação aos factores climáticos locais (tolerância à seca), maior rendimento e resistência contra pragas.

Adão Gonçalves Pinheiro deu a conhecer que das variedades em preparação constam três nacionais (Cahilahila, Carolina e Macau), sendo que as 12 restantes foram importadas de países que têm o arroz como sua principal cultura.

Afirmou que o número de produtores de arroz envolvidos no projecto é muito superior aos que vão receber sementes preparadas pelo IIA, ao explicar que maior parte deles (quase 1000) vai usar as sementes por eles recolhidas na fase de experimentação do projecto.

Fez saber que o plano de dinamização da produção do arroz na região planáltica do país, cujos resultados poderão ser implementados em outras províncias, visa contribuir no programa do Governo de luta contra a fome e à pobreza, segurança alimentar e de diversificação da economia, através da redução das importações dos produtos agrícolas.

Disse que o projecto, que vai permitir produzir em grande escala, está a ser desenvolvido desde 2013, pelos institutos de Investigação Agronómica e de Desenvolvimento Agrário, contando com a assistência técnica da Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA).

De acordo com dados do Boletim Estatístico do Conselho Nacional de Carregadores, o  arroz está entre os produtos mais importados no país. Para se ter uma ideia real, entre Outubro a Dezembro de 2017 foram importadas 88.989 toneladas, uma média de 29.664 por cada mês, superado apenas pelo açúcar e farinha de trigo.

Leia também
  • 08/06/2019 22:15:27

    Angola aproxima ratificação do Acordo da Zona de Comércio Livre

    Adis-Abeba - Angola poderá, brevemente, depositar os seus instrumentos de ratificação do Acordo da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), afirmou hoje (sábado), em Adis-Abeba, Etiópia, o ministro do Comércio angolano, Jofre Van-Dúnem Júnior.

  • 07/06/2019 18:50:59

    Jefran deve mais de mil milhões de kwanzas a clientes

    Luanda - A dívida da imobiliária Jefran a clientes (compradores) de imóveis está estimada em mil milhões e 142 milhões de kwanzas, revelou hoje o director-geral adjunto do Inadec, Eugénio de Almeida, que justificou a suspensão da actividade desta empresa pelo facto de lesar, de forma abusiva, os direitos dos consumidores.

  • 07/06/2019 14:26:52

    Arrecadação de receitas aumenta 20 por cento no Bailundo

    Bailundo - Setenta e sete milhões, 493 mil e 731 kwanzas é o valor arrecadado, de Janeiro a Maio deste ano no município do Bailundo, província do Huambo, com um aumento de 20 por cento em relação ao igual período anterior.