Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

20 Junho de 2019 | 18h37 - Actualizado em 20 Junho de 2019 | 19h02

Fábrica de plásticos cria 60 postos de trabalho

Luanda - Sessenta postos de trabalho directos serão criados, com a construção de uma fábrica de plástico, na Zona Económica Especial (ZEE), avaliada em 359 milhões de kwanzas, cujo lançamento da primeira pedra para a sua edificação aconteceu hoje (quinta-feira).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Director Administrativo de Negócio, Nkrumah Tuma.

Foto: Nelson Malamba

Lançamento da primeira pedra para construção da unidade fabril de plástico.

Foto: Nelson Malamba

A fábrica, a ser construída em cinco meses, terá uma capacidade de produção de 65 toneladas de plástico/dia, numa iniciativa do grupo empresarial "Mayaya Mafuta".

A construção da fábrica surge numa altura em que as autoridades ambientais procuram reduzir a circulação de sacos de plásticos importados no mercado nacional, para assegurar um ambiente mais sadio.

Na primeira fase (primeiros dois anos), a unidade fabril irá funcionar abaixo dos 35 por cento da sua capacidade instalada, com os 60 funcionários, de acordo com o director administrativo de negócios desse grupo empresarial, Nkruma Tuma.A segunda fase da fábrica, avançou, vai contemplar a aquisição de equipamentos para reciclagem de embalagens e sacos de compra.

Na última fase, a unidade fabril vai produzir sacos biodegradáveis, que necessitam apenas de 18 meses para a sua decomposição.

Segundo Nkruma Tuma, o surgimento dessa fábrica vai contribuir na redução da importação de sacos que as empresas e as famílias usam no dia-a-dia.

O acto de lançamento da primeira pedra para a construção dessa fábrica coube ao presidente do Conselho de Administração da ZEE, António Henriques da Silva.

Leia também
  • 18/06/2019 08:46:28

    Privatização de fábricas têxteis foi irregular

    Luanda - O processo de privatização das fábricas África Têxtil, em Benguela, ex-Satec (Cuanza Norte), e Textang II, em Luanda, foi feito de forma irregular, segundo uma denúncia do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE).

  • 08/05/2019 09:03:22

    Feira Alimentícia 2019 abre as portas hoje em Luanda

    Luanda- A "Feira Alimentícia 2019" do Ministério da Indústria abre as portas hoje às 10 horas, na Zona Especial Económica Luanda-Bengo (ZEE), com uma participação de 66 empresas da indústria alimentar, bebidas, distribuição e logística.

  • 12/02/2019 23:22:45

    Ministra da Indústria aguardada quarta-feira em Cabinda

    Luanda - A ministra da Indústria, Bernarda Martins, desloca-se nesta quarta-feira a província de Cabinda, onde vai testemunhar a assinatura do contrato de concessão do direito de superfície a favor do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Angola (IDIA), no quadro da construção do Pólo Industrial de Fútila.