Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Junho de 2019 | 17h01 - Actualizado em 17 Junho de 2019 | 17h01

ONU disponibiliza USD 284 milhões para projectos em Angola

Luanda - Duzentos e 84 milhões de dólares norte-americanos é o valor a ser disponibilizado pelas Nações Unidas, para o financiamento de projectos económicos e sociais em Angola, no quadro da cooperação para o desenvolvimento sustentável 2020 - 2022, informou hoje, o coordenador das Nações Unidas no País, Paolo Balladelli.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paolo Balladelli referiu que a relação com parceiros bilaterais vai permitir que durante os três anos possa se mobilizar outros 50 por cento deste valor, para o financiamento de projectos ligados às metas dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2020-2030.

O responsável, que falava à imprensa, no final da reunião de apresentação das prioridades, no quadro da cooperação entre Angola e as Nações Unidas, visando  o desenvolvimento sustentável  2020/2022, considerou o financiamento como elemento principal para a erradicação da pobreza, fome, melhoria no sector da saúde, educação, transformação económica, entre outras acções.

Referiu que no encontro entre as Nações Unidas, Ministério da Economia e Planeamento, e parceiros sociais, realizado em Março último, estabeleceu-se como prioridades, a transformação económica e social, meio ambiente e resiliência da população vulnerável, adolescentes, jovens e emponderamento da mulher e democracia e estabilidade.

Além do financiamento, considerou importante o trabalho que as 18 agências das Nações Unidas vão desenvolver em Angola, visando o fortalecimento das instituições nacionais e a criação de capacidades nacionais.

Em relação à parceria entre Angola e as Nações Unidas, considerou haver progresso nos projectos sociais (educação e saúde), mas ainda assim considerou importante a melhoria das capacidades para atingir o bem-estar social.

Por sua vez, o ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, afirmou que, no quadro da cooperação entre ONU e Angola para o desenvolvimento  sustentável 2020-2030, o Governo procura, através de políticas e projectos concretos de intervenção, amenizar os efeitos da crise económica, financeira e social que o país vive.

Explicou que o apoio que o  Programa do Sistema das Nações Unidas vai se concentrar na promoção de parcerias para apoiar a graduação de Angola dos Países Menos Avançado (PMA) até Fevereiro de 2021, no fortalecimento das instituições nacionais para alcançar a diversificação económica.

A parceria visa, igualmente, o incremento da capacidade produtiva das Pequenas e Medias Empresas e cooperativas com uma ligação nos objectivos e políticas contidas no Prodesi entre outras mediadas.

Assuntos Cooperação   ONU  

Leia também
  • 13/06/2019 18:26:16

    Angola pode coordenar projectos de conectividade na SADC

    Luanda - As empresas de engenharia civil da província chinesa de Anhui almejam que Angola seja o centro de coordenação dos projectos de conectividade internacional de infra-estruturas a nível da África Austral, no âmbito da Iniciativa de ''Uma Faixa e uma Rota''.

  • 12/06/2019 18:17:52

    Cuba aberta ao investimento angolano

    Luanda - As autoridades cubanas pretendem incrementar, a curto, médio e longo prazos, o intercâmbio comercial com Angola e a presença de investimentos de empresas angolanas naquele país da América Central e Caribe.

  • 10/06/2019 12:57:57

    Fórum Itália-Angola arranca em Milão

    Milão - O fórum económico Itália-Angola iniciou esta manhã, em Milão, iniciativa que converge com os objectivos do programa do Governo angolano de diversificação da economia, através da atracção do investidor estrangeiro.