Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

25 Junho de 2019 | 18h09 - Actualizado em 25 Junho de 2019 | 18h08

Resultados provisórios do ano agrícola indicam redução da colheita

Huambo - A província do Huambo, na parte Centro-sul de Angola, está a registar uma baixa safra na campanha agrícola 2018/2019, tendo sido colhido, até Maio do presente ano, um milhão, 222 mil e 271,23 toneladas de produtos diversos, menos 347 mil e 531 em relação a igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi dado a conhecer esta  terça-feira à ANGOP, pelo chefe de departamento do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), nesta região, Victorino Chonguela, realçando que a diminuição da colheita deveu-se à fraca preparação de terras no sistema mecanizado em bloco e a não aplicação de calcário dolomítico, para correcção de solos.

Acrescentou que, com isso, foi possível a colheita de 556.682 toneladas de cereais diversos, 39.557 de leguminosos, 176.978 de raízes e tubérculos, 230.760 de hortícolas e 216.292 de frutas, colhidas numa área de 388.180 hectares cultivados pelos camponeses e agricultores da província.

De acordo com Victorino Chonguela, está a decorrer, nesta altura, a terceira e última fase da colheita dos produtos agrícolas, com término previsto para o mês de Julho, numa campanha que envolveu 200 mil famílias camponesas assistidas tecnicamente pelo IDA, através das escolas de campo, além de beneficiarem de imputes agrícolas.

Lembrou que, durante a campanha agrícola 2018/2019, foram distribuídos 115 toneladas de fertilizantes 12/24/12, para o município do Ucuma, 108 no Chinjenje, 135 para a Caála, igualmente para o Ecunha e Longonjo, 205 para o Huambo, 140 para o Bailundo, 115 para o Mungo, 140 para o Londuimbali, enquanto os municípios do Cachiungo e Chicala-Cholohanga, receberam cada um 120 toneladas.

Vitorino Chonguela aconselhou, por esta razão, as famílias camponesas no sentido de fazerem poupanças na comercialização, principalmente do milho, para garantir uma segurança alimentar sustentável e sementes para época agrícola 2019/2020.

O Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), tutelado pelo Ministério da Agricultura e Florestas, é o órgão responsável pela execução dos programas e políticas do sector, pela assistência técnica e distribuição de sementes, fertilizantes e instrumentos agrícolas no meio rural.

A província do Huambo, com uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros, e uma população de dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuída por 11 municípios.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 24/06/2019 16:38:42

    Huambo: Proposta de OGE/2020 prevê acréscimo de 42 por cento

    Huambo - A proposta de Lei do Orçamento Geral de Estado (OGE) para a província do Huambo, para o exercício económico 2020, está estimada em 117 mil milhões, 314 milhões, 446 mil e 444 Kwanzas e 58 cêntimos, um aumento de 42 por cento em relação a dotação financeira deste ano.

  • 24/06/2019 12:59:28

    Defendida maior integração dos empresários nos planos de desenvolvimento

    Caála - Os empresários do município da Caála, província do Huambo, foram exortados, esta segunda-feira, a estarem mais envolvidos nos planos de desenvolvimento socioeconómico local, bem como a participarem dos programas de combate à pobreza, visando o bem-estar da população.

  • 19/06/2019 13:31:13

    Falta de equipamentos inviabiliza pesca continental no Huambo

    Huambo - A falta de equipamentos (rede, anzóis e canoas) para a prática da pesca continental, nos rios da província do Huambo, está a criar vários transtornos aos pescadores que têm esta actividade como a única fonte de rendimento, informou hoje, quarta-feira, à ANGOP, o responsável do departamento local de Pescas e Agricultura, Alberto Sousa da Silva.