Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Julho de 2019 | 18h40 - Actualizado em 11 Julho de 2019 | 19h02

Abertura de contas domina sector bancário na FILDA/2019

Luanda - Mais de 300 contas bancárias são abertas diariamente na 35ª Feira Internacional de Luanda (FILDA/2019), que decorre desde terça-feira na Zona Especial e Económica (ZEE) Luanda/Bengo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial dos stands da banca comercial

Foto: Nelson Malamba

Deste número, o Banco Atlântico, com três balcões instalado na feira, domina a estatística com 170 contas abertas/dia, seguido pelo Banco BAI com 90 contas bancárias/dia.

Além da abertura de conta, os balcões em funcionamento na FILDA estão a realizar as operações de levantamento de dinheiro via multicaixa, emissão e entrega de multicaixa, venda de produtos de seguros e outros serviços.

Sob o lema “Dinamizar o sector privado e promover o crescimento,  a Feira Internacional de Luanda é um evento multi-sectorial de exposição e de negócios que junta anualmente, desde 1983, empreendedores nacionais e de países de África, América, Europa e Ásia para expor produtos e serviços, assim como estabelecer contactos para parceiros, gerando impacto visível na Economia do país.

Mais do que um marco histórico, a FILDA é um reflexo directo da evolução e desenvolvimento empresarial e socioeconómico de Angola, é indissociável falar de crescimento económico e evolução empresarial sem mencionar o contributo que desde 1983 a FILDA tem dado a Angola, com a sua dinâmica e participação de todos os agentes activos da sociedade.

A FILDA foi até 2016 organizada por diferentes Entidades gestoras, passando desde a 33ª Edição para a Gestão directa do Governo de Angola através do Ministério da Economia e Planeamento que a pretende ver integrada num projecto Estratégico mais ambicioso para reforçar atractividade de Angola no panorama mundial, estimular as parcerias e sinergias entre os Empresários Nacionais e Internacionais e activamente contribuir para uma Angola auto-suficiente e exportadora.

A 35ª edição da FILDA, conta com a participação de 21 países: Portugal, Alemanha, Indonésia, Turquia, França, Índia, China, Reino Unido, Noruega, Suécia, Suíça, Israel, Brasil, Japão, Bielorrússia, Uruguai, Macau (Região administrativa Especial da China), Itália, África do Sul, Holanda e Estados Unidos da América. Produtos e serviços ligados à banca, telecomunicações e tecnologias de informação, petróleos, transportes e logística, indústria e turismo, construção civil, intermediação imobiliária, agricultura, entre outros, estão patentes nestes cinco dias de exposição

Assuntos Feira  

Leia também
  • 11/07/2019 18:33:49

    Angoplast vai exportar preformas à RDC

    Luanda - A Angoplast, unidade fabril que se dedica à produção de materiais de plásticos, vai exportar preformas para a República Democrática do Congo (RDC) a partir de Agosto próximo, anunciou hoje o seu director-geral, Sérgio Dias.

  • 11/07/2019 18:15:09

    EMIS apresenta soluções para compras na Internet na Filda

    Luanda - O cartão multicaixa express emitido em Angola, uma solução para compras na Internet em lojas, foi apresentado nesta quinta-freira, na Feira Internacional de Luanda (FILDA/2019), pela Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), gestora da rede multicaixa.

  • 11/07/2019 09:58:09

    Acesso à FILDA custa dois mil kwanzas

    Luanda - Dois mil kwanzas é o valor que cada pessoa desembolsa para visitar a 35ª edição da Feira internacional de Luanda (FILDA/2019), que decorre de 9 a 13 deste mês, na Zona Especial e Económica (ZEE), sob o lema “Dinamizar o sector privado e promover o crescimento económico”.