Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Julho de 2019 | 19h27 - Actualizado em 12 Julho de 2019 | 19h27

Alemanha dá primazia à diversificação económica

Luanda - O presidente do Conselho Federal da Alemanha, Daniel Gunther, reiterou nesta sexta-feira, em Luanda, que o seu governo está a dar prioridade à diversificação da economia em curso em Angola, no quadro do reforço da cooperação entre os dois países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Presidente do Conselho Federal da Alemanha, Daniel Günthe

Foto: António Escrivão

Encontro da delegação alemã e responsáveis do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo

Foto: António Escrivão

Daniel  Gunther, que manteve  um encontro com o ministro dos Recursos  Minerais  e Petróleos, Diamantino  Azevedo, informou existirem outras  prioridades, além do apoio  na refinação do petróleo bruto.

“O  ministro dos  recursos  mineiras  e petróleo  angolano é um dos  interlocutores  muito importante para  nós no domínio da diversificação. Já existem muitas áreas de cooperação entre os países, mas,  além do petróleo, existem outros  campos para a  cooperação,  sendo um dos  objectivos  da nossa conversa “, disse.

Durante o encontro, foram abordados temas sobre as possíveis áreas  de cooperação, no âmbito do fortalecimento das relações  económicas  entre  Angola e Alemanha.

Outra estratégia da Alemanha, no quadro da cooperação, é a aposta no sector das energias  renováveis, um área em que  o país  europeu  está  bem  avançado,  quer  em painéis  solares, quer  em energia eólica.

Durante o encontro, o  ministro angolano dos recursos minerais e petróleos  foi convidado a  visitar  a  Alemanha  para  colher  experiências, onde  poderá manter contactos com os  empresários  daquele país federal,  muito  dos quais  já  exploram o  mercado angolano para um possível investimento.

“Da  nossa parte  temos  já as nossas  próprias  ideias e empresas  com potencialidades  para o  reforço da  cooperação”, concluiu o  responsável  federal.

Na audiência que lhe foi concedida hoje pelo Presidente da República,  João Lourenço, destacou os projectos relacionados com a construção naval e o sector da saúde.

Nos últimos anos, Angola tornou-se no terceiro parceiro comercial da Alemanha na África subsahariana.

Angola e Alemanha estabeleceram relações diplomáticas em 1979. A parceria entre os dois países ganhou um novo impulso com a realização da I sessão da Comissão Bilateral, em 2012, em Berlim.

Assuntos Cooperação  

Leia também
  • 11/07/2019 09:05:15

    Empresas lusas querem contribuir no crescimento da economia angolana

    Luanda - As empresas portuguesas pretendem dar resposta às necessidades das famílias angolanas e às prioridades estabelecidas pelo Governo, visando desenvolvimento da economia, afirmou nesta quarta-feira o secretário de Estado da Economia portuguesa, João Neves.

  • 28/06/2019 17:02:38

    Governo convida empresários chineses para diversificação económica

    Luanda - O ministro angolano do Comércio, Joffre Van-Dúnem Júnior, convidou hoje, em Changsha, os investidores chineses do sector privado para participarem no processo de desenvolvimento, diversificação e inclusão económica de Angola.

  • 18/06/2019 23:49:36

    Angola e os EUA retomam acordo sobre comércio

    Maputo - O governo norte-americano está a rever o processo do Acordo Quadro sobre Comércio e Investimento com Angola, no âmbito das novas politicas da Administração Donald Trump, apurou hoje a Angop de fonte oficial, em Maputo (Moçambique).