Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

19 Julho de 2019 | 17h17 - Actualizado em 19 Julho de 2019 | 17h07

Mais de 200 cooperativas de diamantes licenciadas no País

Malanje - Duzentas e 41 empresas e cooperativas semi-industriais de diamantes em todo o país, cujas actividades estavam paralisadas no âmbito da "Operação Transparência", começaram já a receber as suas licenças de exploração, após serem alvo de uma inspecção pelo Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, na cidade de Malanje, pelo director nacional dos Recursos Minerais, André Francisco Buta Neto, durante a cerimónia de entrega de 16 licenças de exploração de diamantes aos seus respectivos proprietários na província.

Informou que actualmente 100 cooperativas semi-industriais já legalizadas e licenciadas a nível do país já reiniciaram as suas actividades, após 10 meses de suspensão.

Realçou que o processo será contínuo, tendo em conta que muitas empresas encerradas no âmbito da operação transparência estão a trabalhar para a sua legalização.

Na ocasião, o vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas, Gabriel Pontes, considerou que o licenciamento das cooperativas vai facilitar o trabalho das autoridades no âmbito da “Operação Transparência”, que visa combater a imigração ilegal e a extracção ilícita de diamantes.

Cada empresa terá o dever de combater o garimpo no perímetro da sua área de actuação e ali desenvolver acções de responsabilidade social, bem como vender os diamantes apenas às empresas indicadas pelo Estado.

Em Malanje, foram licenciadas desde os meses de Fevereiro a Maio deste ano um total de 20 cooperativas.

Leia também
  • 18/07/2019 17:40:42

    Produção de petróleo bruto baixa 9% em 2018

    Luanda - O volume de petróleo bruto produzido em Angola em 2018 baixou para 539 milhões, 813 mil e 65 barris, comparativamente a 2017 em que a produção se cifrou em 595 milhões 810 e 124 barris - um decréscimo na ordem dos nove por cento.

  • 18/07/2019 13:43:36

    CFL recupera 800 metros de linha-férrea

    Luanda - O Caminho-de-Ferro de Luanda está a recuperar 800 metros de linha-férrea na zona do Zenza do Itombe (Cuanza Norte), danificada em Março último, devido às chuvas ocorridas na localidade.

  • 17/07/2019 19:45:30

    Eni e UNIDO assinam declaração conjunta para ajudar ODSs

    Novara - A empresa internacional de energia Eni e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) assinaram hoje uma Declaração Conjunta que estabelece um modelo de cooperação público-privado novo, que tem por objectivo apoiar o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODSs).