Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Agosto de 2019 | 19h18 - Actualizado em 15 Agosto de 2019 | 10h18

Bispo pede fiscalização da gestão dos recursos florestais

Cabinda- O Bispo de Cabinda, Belmiro Chissengueti, defendeu, nesta cidade, uma gestão equilibrada e fiscalizada dos recursos existentes na floresta do Maiombe, com políticas responsáveis nas actividades de corte e o consequente repovoamento para sua sustentabilidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Bispo de Cabinda, Dom Belmiro Chissengueti em encontro com Governador de Cabinda, Marcos Nhunga

Foto: Pedro João

Cabinda : Floresta do - Maiombe

Foto: Angop

"A floresta do Maiombe é o segundo pulmão do mundo e sabemos que as empresas que exploram madeira, possam também repor o que se explora. Tem que plantar para haver sustentabilidade. Não podemos ser como outros países que antes tinham um equilíbrio ambiental saudável e perderam as suas florestas por exploração desenfreada sem controlo", disse.

O bispo de Cabinda, Belmiro Chissengueti, manteve, terça-feira, um encontro com o governador de Cabinda, Marcos Nhunga, no palácio local, onde manifestou essa preocupação de preservação da floresta.

"Não podemos importar esferovite para vendermos a madeira e então há que haver esse equilíbrio para que tenhamos riquezas para exportar e também uma produção que garante emprego para a nossa juventude", referiu.

A floresta do Maiombe é uma região geográfica partilhada por quatro países, nomeadamente Angola na província de Cabinda, Gabão, RDCongo e Congo.

Na parte angolana, esse património florestal conta com uma área de aproximadamente 220 mil hectares.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 08/08/2019 19:22:55

    Polícia apreende 70 mil litros de petróleo iluminante em Cabinda

    Cabinda - Setenta mil litros de petróleo iluminante foram apreendidos pela Polícia Nacional, em Cabinda, por presumível contrabando.

  • 17/07/2019 17:30:03

    Reabilitação do troço Cacongo/Belize depende das obras do Porto do Caio

    Cabinda - A reabilitação da estrada nacional EN-100, no troço que liga a sede do município de Cacongo ao Belize, numa extensão de 186 km, está dependente da conclusão das obras do Porto de Águas Profundas do Caio, paralisadas há dois anos.

  • 11/07/2019 17:38:49

    BCI em Cabinda conta com 4 mil milhões para PAC

    Cabinda - O Banco do Comércio e Industria em Cabinda tem disponível quatro mil milhões de kwanzas que vão servir de apoio a classe empresarial local no âmbito Programa de Apoio ao Crédito (PAC), enquadrado no Programa Nacional de Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (PRODESI).