Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Agosto de 2019 | 12h28 - Actualizado em 30 Agosto de 2019 | 12h27

Associação "UKulungunga" necessita crédito de um milhão de Kwanzas

Léua - A associação das camponesas do município do Léua, província do Moxico, denominada "UKulungunga", necessita de um milhão de Kwanzas, em crédito agrícola, para aumentar a sua produção de 10 a 645 hectares de terra.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Exposição de produtos locais

Foto: kinda kyungu

Moxico: Ministra de MASFAMU, Faustina Alves em visita Associação agrícola "Ukulungunga"

Foto: kinda kyungu

O pedido foi feito nesta quinta-feira, pela secretária da referida associação, Margarida Vumbi, durante uma visita efectuada à fazenda pela ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), Faustina Alves.

A responsável explicou que o montante permitiria lavrar as terras férteis e intactas, bem como adquirir amónios, adubos, sementes, entre outros instrumentos agrícolas necessários para elevar a produtividade.

Lamentou que desde a sua criação há oito anos, a associação nunca beneficiou de crédito agrícola, mesmo depois de ter remetido a documentação às instituições bancárias.

Apontou que para obter uma media de seis a oito toneladas de produtos diversos colhidos nas épocas agrícolas anteriores, as mulheres envolvidas no projecto utilizam instrumentos rudimentares, tais como enxadas, machados, catanas e charruas.

A mandioca, milho, feijão, bata-doce, amendoim e inhame são entre outros produtos produzidos na fazenda.

Em resposta, Faustina Alves, prometeu dialogar com o governo do Moxico, no sentido de contactar as instituições competentes para abordar sobre o andamento do programa de cedência de crédito agrícola ao município do Léua.

Manifestou igualmente, a intenção de criar acções que visam apoiar, sobretudo, a associação agrícola feminina “UKulungunga”, com noções actuais de práticas agrícolas, cursos profissionais de corte e costura e de aulas de alfabetização.

Na ocasião, a ministra ofereceu algumas catanas e enxadas para a associação composta por 77 camponesas da localidade de Samaria, que também conta com o apoio técnico e material da Organização filantrópica, Federação Luterana Mundial (WLF).

Durante a sua estadia de oito horas no Léua, Faustina Alves, manteve um encontro de auscultação com mulheres da circunscrição, visitou as futuras instalações do Centro de Acção Social Integrada (CASI) e o Centro Materno Infantil.

Situado a 62 quilómetros a Leste da cidade do Luena, capital da província do Moxico, o município do Léua conta com 37 associações agrícolas, integradas por dois mil e 750 camponeses, dos seus 32 mil e 457 habitantes.

Leia também
  • 29/08/2019 12:21:07

    Taxa média de ocupação hoteleira sobe para 35,7% na Huíla

    Lubango - A taxa média de ocupação em unidades hoteleiras e similares na província da Huíla subiu de 15 por cento em 2018, para 35,7% no presente ano, o que corresponde a uma receita de 298 milhões, 271 mil e 688 kwanzas em alojamentos, só no primeiro semestre do corrente, contra 193 milhões do mesmo período do ano anterior.

  • 28/08/2019 19:06:27

    Jornalistas elucidados sobre a implementação do IVA

    Saurimo - Jornalistas de órgãos de Comunicação Social públicos e privados foram esclarecidos hoje, quarta-feira, em Saurimo, província da Lunda Sul, sobre a importância da aplicação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), que entra em vigor a partir de 01 de Outubro próximo.

  • 28/08/2019 02:39:56

    Fábrica de gesso aumenta produção

    Sumbe - A fábrica de gesso "Supergesso", localizada no Sumbe, província do Cuanza Sul, aumentou, nos últimos dias, a sua produção de 320 para 420 toneladas mês, devido à procura no mercado.