Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Setembro de 2019 | 18h27 - Actualizado em 12 Setembro de 2019 | 08h41

Administradora convida empresários a investir na região

Camanongue - A administradora municipal de Camanongue (Moxico), Ana Filomena Chipóia, apelou hoje, naquela localidade, o empresariado nacional, e não só, a investir na exploração do potencial existente no domínio económico e produtivo que a circunscrição oferece.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Actual Hospital Municipal de Camanongue

Foto: kinda kyungu

Moxico: Administradora do Município de Camanongue Ana Filomena Chipóia

Foto: David Dias

Em declarações à Angop, Ana Filomena Chipóia, apontou as áreas turística e agrícola como prioritárias, por possuir terras férteis, clima agradável e rios para a prática das actividades.

Ocupando uma extensão territorial de 783 quilómetros quadrados, a municipalidade tem espaço suficiente e propício para o cultivo de mandioca, batata-rena, batata-doce, hortícolas, cereais, entre outros.

Com insuficiência de meios financeiros e apoios em equipamentos técnicos, a administração está aberta aos empresários que manifestarem vontade e intenções de criar fazendas e unidades hoteleiras, como pensões, hospedarias e restaurantes para contribuírem no desenvolvimento da região.

Por estar localizado ao longo da estrada nacional número 180, que liga Malanje/Saurimo/Luena, na sua óptica, justifica-se o surgimento de mais unidades hoteleiras no município que tem sido uma paragem obrigatória dos automobilistas que por aí circulam.

Segundo afirmou, o município aposta fortemente no sector agrícola, onde 18 associações e 55 pequenos agricultores controlados, beneficiaram-se de sementes, adubos e instrumentos agrícolas (enxadas e catanas), num processo contínuo.  

Fez saber que na última campanha agrícola 2018/2019, a região preparou mais de 12 mil hectares de terra, de forma mecanizada e manual, com a previsão da colheita rondar as 120 toneladas de produtos diversos, com destaque para a mandioca, milho e ginguba.

Quanto ao fornecimento de água potável, a administradora disse que com a recuperação do antigo sistema de captação está abastecer 144 residências da sede municipal, e futuramente vai se construir um novo para abranger um maior número de munícipes.

Por outro lado, disse que o município conta com a energia eléctrica proveniente da barragem de Tchihumbué (Lunda Sul), prevendo aumentar o número de ligações domiciliares, de mil para mil e 500 residências.

Futuras obras no Camanongue

Ana Filomena Chipóia contou que no quadro do Programa Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM), prevê-se construir pontes sobre os rios Luiri, Mucussueji e Luatchi, bem como a terraplanagem das ruas da sede municipal e estancamento de três ravinas que circundam a vila.

Estão também inseridas no PIIM, acrescentou, a construção de quatro escolas, sendo três T7 e uma T12, nas localidades de João Baptista, Loco, Muapezo e Cassuca.

Situado a 52 quilómetros a norte da cidade do Luena, capital da província do Moxico, Camanongue conta com uma população de 32 mil e 761 habitantes, distribuídos nas regedorias de Mussiringinge, Muapezo, Mazemba e Sambavu, na sua maioria camponeses.

Leia também
  • 12/09/2019 01:26:01

    Governador do Moxico aponta agricultura como prioridade

    Cazombo - O governador da província do Moxico, Gonçalves Muandumba, declarou, quarta-feira, em Cazombo, que o governo local vai apostar no relançamento da agricultura para tornar a província no principal celeiro alimentar do país.

  • 11/09/2019 20:09:11

    Alto Zambeze quer mais investimento privado

    Cazombo - O administrador municipal do Alto Zambeze, Alexandre Paulino Bumba, exortou nesta quarta-feira, em Cazombo, ao investimento privado na região, tendo em vista o desenvolvimento económico sustentado daquela municipalidade com terrenos férteis e rico em mineiros.

  • 11/09/2019 15:49:57

    BNA reinaugura sede regional na cidade do Luena

    Luena - O Banco Nacional de Angola (BNA) reinaugurou hoje, quarta-feira, na cidade do Luena, a sua sede regional, facto que vai permitir melhorar a prestação de serviços junto dos bancos comerciais das províncias do Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte.