Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Setembro de 2019 | 18h45 - Actualizado em 11 Setembro de 2019 | 18h44

Namíbia incentiva mais cooperação económica com Angola

Cuito - Angola e Namíbia precisam agora fortalecer, cada vez mais, a sua cooperação no domínio das relações económicas, de forma a alavancar a economia dos dois países, defendeu, hoje (quarta-feira), no Cuito (Bié), o embaixador Patrick Nandango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Embaixador Patrick Nandango

Foto: Nelson Malamba/Arquivo

O diplomata namibiano, que falava num encontro de cortesia com o governador do Bié, Pereira Alfredo, no âmbito da sua visita de trabalho de dois dias à província, sublinhou que Angola e Namíbia necessitam nesta fase renovar as relações económicas para o bem-estar dos seus povos.

O embaixador avançou ainda que após os dois países estarem agora com uma paz efectiva e estabilidade, chegou o momento de enveredarem nas relações económicas, com vista a possibilitar a criação de mais postos de emprego, bem como gerar desenvolvimento sustentável.

Para tal, Patrick Nandango solicitou a necessidade do Estado angolano melhorar, cada vez mais, a reabilitação de estradas e de outras infra-estruturas, visando permitir que o empresariado estrangeiro, com realce para a Namíbia, venha investir com sucesso particularmente na província do Bié.

Entretanto, o governador Pereira Alfredo reiterou que a região está aberta ao investimento nacional e estrangeiro, principalmente na agricultura, onde a província tem uma área 60 por cento arável.

Pereira Alfredo afirmou que para o efeito, o Governo angolano tem vindo a criar políticas para atrair mais investimentos privados, tendo sido já aprovados, as Leis de Migração Estrangeiros, da Concorrência e do Investimento Privado, de maneira a facilitar um ambiente de negócio apropriado.

Os dois Estados partilham ao sul do país lusófono uma fronteira terrestre de mil e 376 quilómetros e, desde 2007, a circulação de cidadãos dos dois países, nesta zona, é parcialmente livre.

A província do Bié tem nove municípios e é uma planície situada no centro Geodésico de Angola, com uma população estimada em um milhão, 455 mil 255 habitantes.

Leia também
  • 11/09/2019 18:04:06

    Reformas em Angola atraem investidores sul-africanos

    Luanda - O conselheiro económico da embaixada da África do Sul em Angola, Meshack Mathye, disse hoje (quarta-feira), em Luanda, que as reformas implementadas pelo Governo angolano têm encorajado o investimento de empresários sul-africanos em Angola.

  • 11/09/2019 14:26:31

    Bié tem condições técnicas para implantar Pólo do Cunje - governo

    Cuito - A província do Bié tem condições técnicas de implantação do Pólo Industrial do Cunje, favorecida com a disponibilidade de mais de 30 Megawatts (MW) de energia eléctrica da Barragem de Laúca ( provncia de Malanje), reafirmou hoje o vice-governador para o sector Técnico e Infra-Estruturas, José Tchatuvela.

  • 10/09/2019 15:57:59

    Angola prepara oferta tarifária para parceria com UE

    Luanda - Angola está a preparar a futura oferta tarifária para implementação dos Acordos de Parceria Económica com a União Europeia, anunciou nesta terça-feira, em Luanda, o director do gabinete de Intercâmbio do Ministério do Comércio, Rui Livramento.