Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

21 Setembro de 2019 | 13h02 - Actualizado em 21 Setembro de 2019 | 13h02

Mais de 600 investidores no fórum "Invest Huíla"

Lubango - Seiscentas empresas nacionais e estrangeiras confirmaram a sua participação na segunda edição do Fórum Empresarial de Investimentos e Negócios da Huíla, o "Invest Huíla", a decorrer de 16 e 17 de Outubro, no Lubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Paulo Gaspar - presidente da Associação de Empresários

Foto: Morais Silva

O evento sob a égide do Governo Provincial da Huíla, conjuntamente com Associação Agro-pecuária Industrial e Comercial da Huíla (AAPCIL) trará investidores de Portugal, Espanha, Polónia, Estados Unidos da América  (EUA), Emirados Árabes Unidos, assim como alguns convidados da África do Sul, Nigéria e Ghana, assim como vizinhos da SADC.

A informação foi dada a conhecer hoje, na cidade no Lubango, em conferência de imprensa,  pelo presidente da AAPCIL, Paulo Gaspar, destacando ainda a presenças de investidores do México, França, Brasil Rússia, índia, Canadá, China, Itália e Argentina.

O responsável afirmou que a classe empresarial contactada manifestou o interesse de investir no sector da agricultura, formação técnico-profissional, indústria e das pescas (este último na província do Namibe), com objectivo de estabelecer e transformar, pelo que está preparado um dossie que lhes vai dar a conhecer as potencialidades da região e as respectivas facilidades de acesso.

Por sua vez, a vice-governadora provincial da Huíla para o sector político, social e económico, Maria João Chipalavela, considerou que “Invest Huíla” é um espaço para captar investimentos para os diferentes sectores sociais, económicos e políticos, visando fortalecer principalmente o tecido empresarial, na perspectiva de desenvolver a cadeia de valor nos diferentes produtos da província em particular, assim como criar empregos.

O programa será também uma ponte para incitar os investidores a conhecerem as potencialidades agro-pecuárias, educação, turismo, dentre outros, bem como espaços férteis para investimentos e potenciar ao Plano Nacional de Desenvolvimento 2019-2022.

A par disso, acrescentou a vice-governadora, o Invest Huíla tem o papel de trazer e estimular os produtos científicos para incrementar os desafios e as oportunidades de desenvolvimento económico.

O Invest Huíla é uma unidade “ha doc” do Governo da Huíla, inserida no gabinete de estudos, planeamento e estatística que se encarrega da promoção, atracção e divulgação do potencial económico e social da província com vista a mobilização de investimentos públicos e privados.

Vão ser abordados dentre várias temáticas, como a nova lei do investimento privado e o ambiente de negócios em Angola, oportunidades de negócios na província da Huíla e na região sul do país, estratégia de captação de investimentos estrangeiros para projectos empresariais privados, evolução no sector empresarial privado em Angola e gestão certificação da qualidade dos produtos agro-alimentares em Angola.

A primeira edição teve lugar em Outubro de 2015.

Leia também
  • 20/09/2019 18:53:27

    AIPEX regista 178 propostas de investimento

    Luanda - Cento e 78 propostas de investimento privado foram registadas, de Agosto de 2018 a 31 de Agosto de 2019, pela Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), avaliadas em 1, 6 mil milhões de dólares norte-americanos.

  • 11/09/2019 16:29:56

    Fazendas em privatização avaliadas em USD 110 milhões

    Luanda - As quatro fazendas agro-pecuárias de Camaiangala, Longa, Sanza Pombo e Cuimba, com aproximadamente 45 mil hectares, em processo de privatização pelo Instituto de Gestão de Activos do Estado (IGAPE), estão avaliadas em cerca de USD 110 milhões.

  • 11/09/2019 09:05:15

    Angola recebe apoio da ONU para diversificar investimento

    Luanda - O sector da agricultura em Angola constitui a área preferencial para o investimento estrangeiro, apesar dos desafios, segundo o documento de Revisão da Política de Investimentos para o país, apresentado pela Conferência das Nações Unidas sobre o Comércio e Desenvolvimento (Unctad).