Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

09 Outubro de 2019 | 19h14 - Actualizado em 09 Outubro de 2019 | 19h13

Expoindústria 2019: PAC fomenta produção nacional

Luanda - A empresa de transformação de carne suína "Mestre Akino" vai investir USD 10 milhões, com o apoio do Programa de Apoio ao Crédito (PAC) implementação no país, para produzir 150 toneladas de chouriço/mês, informou o seu administrador, Luís Nicácio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Stand da empresa Mestre Akino, na Expo-Indústria 2019.

Foto: Nelson Malamba

Actualmente, a empresa dedica-se à produção de 300 unidades de chouriço/mês, fruto de um financiamento do extinto programa Angola Investe, no valor de USD 2,5 milhões, sendo que o projecto global estava, na altura, avaliado em USD 4 milhões.

Ao falar hoje (quinta-feira) à Angop, no primeiro dia da 4ª edição da Expoindústria, aberta pelo Presidente da República, João Lourenço, Luís Nicácio esclareceu que os processos para a concessão do crédito já foram entregues,  aguardando apenas a entrega dos valores, que vai  permitir elevar a produção de carne suína, para ser transformado em chouriço.

Sublinhou que a aposta na produção nacional de matérias-primas e de produtos acabados vai reduzir a pressão cambial existente no mercado.

A empresa, que iniciou a sua produção em Maio do ano em curso,  criou 50 postos de trabalho, sendo dois expatriados, pretende contribuir para aumentar a oferta de chouriço no país e reduzir a sua importação.

Disse esperar que nos próximos cinco anos, o país possa dar resposta em 70 por cento de disponibilidade de produção de suinocultura, um indicador, que segundo ele, está actualmente abaixo de 10 por cento.

O responsável entende que a autossuficiência na indústria de charcutaria do país seria possível com o  funcionamento de 70 mil instalações matriz de suinocultura, vocacionada à actividade de transformação de diversos tipos de chouriço, um indicador que actualmente está abaixo de cinco mil.

A Expoindústria, com mais de 300 expositores, é uma parceria entre o Ministério da Indústria e a Eventos Arena, e conta com empresas nacionais dos sectores de produção de cereais, carnes, algodão, tabaco, açúcar, cerveja, cimento, madeira e mobiliário.

Acolhe também empresas dos sectores de refinação de petróleo, pneus, fertilizantes, celulose, vidro, aço, sabão, sal, enchidos, lacticínios, sumos, refrigerantes, água mineral, tintas e vernizes, papel, cartão plásticos, varões de aço e material de construção civil.

Participam no evento empresas das províncias do Bengo, Benguela, Namibe, Huila, Cuando Cubango, entre outras.

  

Leia também
  • 09/10/2019 12:06:43

    Expoindústria cativa empresários - governador de Luanda

    Luanda - O governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova, declarou hoje (quarta-feira) que o trabalho e dedicação das empresas nacionais na 4ª edição da Expoindustria é uma prova inequívoca de que os empresários angolanos acreditam no potencial económico do país.

  • 09/10/2019 10:34:54

    Expoindústria/2019: PR inaugura exposição

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou esta manhã a 4ª edição da Expoindústria, que decorre na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo, com mais de 300 expositores.

  • 08/10/2019 16:06:31

    Expoindústria/2019: Condições criadas para arranque da 4ª edição

    Luanda - A montagem dos stands que vão acolher os mais de 300 expositores da 4ª edição da Expoindústria, a ter lugar a partir desta quarta-feira, na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo, está concluída.