Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

18 Outubro de 2019 | 14h47 - Actualizado em 18 Outubro de 2019 | 17h22

MOSAP II apoia agricultura familiar com AKZ 250 milhões

Malanje - Duzentos e 50 milhões de kwanzas é o valor a ser empregue pelo Projecto de Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP II), para apoiar 35 mil famílias camponesas, durante a campanha agrícola 2019/2020, aberta quarta-feira (16).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Camponeses recebem subsídios técnicos para incremento da agricultura familiar (ARQUIVO)

Foto: António Lourenço

A  informação foi avançada hoje (sexta-feira), pelo coordenador provincial do referido projecto, Paulo Sozinho, referindo que o montante em causa se destina à aquisição de 260 toneladas de sementes, das quais 200 de batata-rena, 50 de feijão, dez de milho e outras 120 toneladas de fertilizantes.

O MOSAP II substitui o MOSAP I, criado na perspectiva de melhorar a segurança alimentar e reduzir a pobreza no meio rural.

Segundo a fonte, o valor servirá também para treinamento e capacitação dos agricultores sobre as melhores técnicas de produção, tendo considerado que um dos problemas que o sector agrícola enfrenta se prende com a falta de conhecimento, o que tem influenciando no baixo nível de produção e de rendimento.

Por outro lado, o coordenador do MOSAP II informou que o projecto vai cobrir, no início de 2020,  os 14 municípios da província, com a inclusão dos três municípios em falta, designadamente Luquembo, Marimba e Quirima.

Pretende-se com este esforço organizar e assistir tecnicamente os camponeses das referidas circunscrições, assim como incentivar a criação de caixas comunitárias para se tornarem auto-sustentáveis.

O MOSAP II substitui o MOSAP I, criado na perspectiva de melhorar a segurança alimentar e reduzir a pobreza no meio rural.

Assistência técnica

Para tal, o MOSAP II já contratou 21 novos técnicos, para fazer face as necessidades de assistência técnica nos referidos municípios.

Entretanto, o responsável considerou que o projecto MOSAP II está a servir de modelo para alavancar a agricultura familiar no país e contribuir para o aumento da produção e redução das importações de produtos agrícolas.

Refere-se que 85 mil e 791 famílias estarão envolvidas na campanha agrícola 2019/2020 na província.

Implementado desde 2016, o projecto Mosap II abrange os municípios de Malanje, Cacuso, Kiwaba Nzoji, Mucari, Calandula, Cunda-dia-Base, Cambundi-Catembo, Cahombo, Massango, Quela e Cangandala.

Beneficia 35 mil pequenos agricultores organizados em cooperativas.  Além de Malanje, o Mosap II está implantado nas províncias do Huambo e Bié.

Leia também
  • 17/10/2019 18:27:58

    Académico aponta 10 razões para se investir na Huíla

    Lubango - A força de trabalho instruída, as potencialidades agro-pecuárias e o turismo destacam-se entre as 10 razões para se investir na província da Huíla, apontadas, nesta quinta-feira, pelo académico Samuel Candundo, para se investir na província da Huíla.

  • 17/10/2019 17:48:22

    Angola trabalha para integração regional e continental

    Luanda - O ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem, reiterou hoje, quinta-feira, em Luanda, que Angola está a trabalhar para honrar os compromissos assumidos e integrar a sua economia nos mercados regionais da SADC e do continente.

  • 17/10/2019 17:37:57

    AIA defende maior aproximação entre Namíbia e África do Sul

    Lubango - O acesso fácil aos mercados da Namíbia e África do Sul por via terrestre foi apontado hoje, no Lubango (Huíla), pelo presidente da Associação Industrial de Angola (AIA), José Severino, como vantagens competitivas para investir-se na região sul de Angola e impulsionar o desenvolvimento fabril.