Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Janeiro de 2020 | 17h21 - Actualizado em 15 Janeiro de 2020 | 17h21

Mobilidade urbana reforçada com 20 novos autocarros

Benguela - As cidades de Benguela, Catumbela, Baía Farta e Lobito, litoral centro da província, foram reforçadas nesta quarta-feira, com 20 novos autocarros, no quadro das acções que visam a melhoria da circulação, principalmente de estudantes e trabalhadores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Autocarros para transporte público

Foto: Leonardo Castro

Os novos autocarros que vão reforçar a mobilidade urbana, juntam-se aos 50 outros que se dedicam ao tráfego rodoviário da zona litoral.

O director do Gabinete dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana, André Ricardo, que assinou os termos contratuais e de entrega aos dois vencedores do concurso público, disse que dos 18 participantes ao concurso público, apenas duas empresas foram apuradas, tendo cada embolsado a primeira trancha obrigatória (Akz mais de 2.900.000 por cada autocarro), dos 58 milhões de custo por unidade e prestações de mais de 400 mil/mês, num período de 10 anos.

André Ricardo afirmou que, com os novos meios vão ser reforçadas as rotas urbanas e periurbanas, com realce para as linhas que dão acesso ao bairro “70”, arredores da cidade de Benguela, tido como de muito crescimento populacional.

“Inicialmente os meios deveriam ser destinados ao programa de apoio estudantil, com circulação a custo zero, porém, atendendo ao contexto macroeconómico que o país enfrenta, isso revelou-se insustentável, daí a opção por um programa de transporte público mais inclusivo, cuja tarifa por bilhete está fixada em Akz 100,00”, referiu.

Segundo afirmou, a empresa Rosalina Express passa a beneficiar de 12 novos autocarros, sendo oito (8) para servir os municípios de Catumbela e Lobito, enquanto a empresa Transpacifico viu a sua frota reforçada com oito autocarros para ligar os municípios de Benguela e Baía Farta.

O administrador geral da empresa Rosalina Express, Edgar Oseias, disse que apesar de insuficientes, os meios servem de base para o futuro que se pretende melhor, em termos de locomoção dos munícipes.

Ainda assim, reconheceu que, para o trabalho específico que se destinam os meios, o valor (58 milhões de kwanzas por liquidar em dez anos) de aquisição está muito elevado, mas a empresa teve que aderir, porque o governo precisa ser ajudado.

Por outro lado, três novos tractores foram igualmente entregues a igual número de cooperativas agrícolas, nomeadamente a “Cooperativa Ondjai”, a Cooperativa dos produtores de abacaxi do Monte Belo e a Hermalina Limitada.

O responsável do gabinete da Agricultura, Pecuária e Pescas, José Gomes, frisou na ocasião que os beneficiários resultaram de um concurso que teve a participação de 26 concorrentes, dos quais 15 tinham assumido compromisso para aquisição dos meios, mas de Outubro a Dezembro do ano transacto apenas estes três cumpriram com as obrigações.

Para aquele responsável, entre as obrigações, consta a obrigatoriedade do pagamento de uma prestação inicial de 12 milhões de kwanzas equivalentes a cinco tractores e respectivas alfaias.

“Devem os beneficiários pagarem o valor global de cada tractor o equivalente a USD 54 mil, num período de cinco anos”, apontou sublinhando que no global já foram distribuídos as diversas associações agrícolas, até a presente data, 25 dos 50 tractores que o sector recebeu da estrutura central e, espera que dentro de 10 dias sejam distribuídos os restantes.

A província de Benguela conta com uma frota de mais de 70 autocarros, alguns dos quais operam em rotas inter-provinciais.

Leia também
  • 11/01/2020 14:05:02

    Camponeses do Cubal recebem títulos de cedência de terra para agricultura

    Benguela - Cento e 33 camponeses do município do Cubal receberam sexta-feira, títulos de cedência de terras para produção agrícola, no âmbito do programa "Minha Terra", cujo acto foi presidido pelo ministro de estado e chefe da casa civil do Presidente da República, Frederico Cardoso.

  • 08/01/2020 18:00:40

    Receitas fiscais aumentam AKz 10 mil milhões

    Benguela - As receitas fiscais e aduaneiras na província de Benguela registaram um aumento de 10 mil milhões de kwanzas, ao passar dos 36 mil milhões de 2018, para AKz 46 mil milhões em 2019, afirmou esta quarta-feira, o delegado Provincial das Finanças, Gika Morais.

  • 31/12/2019 14:44:00

    Retrospectiva: Benguela inaugura complexo industrial

    Benguela - A inauguração, no mês de Novembro, de um complexo industrial que prevê produzir mil toneladas de alimentos por mês e a visita do Chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, no mês de Março, foram destaque em 2019, na província de Benguela.