Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

20 Janeiro de 2020 | 20h15 - Actualizado em 21 Janeiro de 2020 | 11h49

ANPG e BP assinam acordos de exploração de petróleo

Luanda- A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) assinou hoje, em Londres, dois acordos com a petrolífera britânica BP, à margem da Cimeira de Investimento Reino Unido-África.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ANPG e BP vão explorar petróleo no Bloco18/15

Foto: Angop

O primeiro tem como objectivo a aquisição de direitos de exploração do Bloco 18/15 no offshore angolano e define o processo e os termos gerais para a posterior celebração de um contrato de serviços com risco (CSR) entre a ANPG e os parceiros do Grupo Empreiteiro do Bloco 18.

O Bloco, que já se encontra em produção, é operado pela BP e tem como parceiros a Sonangol Pesquisa e Produção e a Sonangol Sinopec International (SSI).

 “Este é um Acordo de Princípios que nos permitirá voltar a ter um contrato e a consequente actividade de prospecção numa área com bastante potencial petrolífero e onde já temos algumas descobertas de óleo”, atestou o Presidente do Conselho de Administração da ANPG, Paulino Jerónimo, acrescentando que “a BP, na qualidade de actual operador do Bloco 18, está altamente engajada, o que aumenta a convicção de virmos a ter um programa de trabalho ambicioso.”

Por seu turno, o Presidente Regional da BP Angola, Stephen Willis, afirmou que a operadora “está entusiasmada com a oportunidade de testar uma nova área no offshore Angolano.

As formações cretáceas do Bloco 18/15 apresentam boas oportunidades de exploração e potenciais desenvolvimentos, somados à conexão submarina (também conhecida como subsea tie-back) às instalações existentes na Área de Desenvolvimento do Grande Plutónio no Bloco 18.

O segundo acordo firmado entre a ANPG e a BP diz respeito ao processo de desminagem em Angola, no âmbito das acções de responsabilidade social, dá sequência a um memorando de entendimento assinado com a ONG The Halo Trust, visando o reforço do trabalho de desminagem na Província de Benguela até 2025.

 Os novos acordos estabelecem o aumento do financiamento para USD 6,1 milhões, partilhados entre fundos próprios e dos Blocos 18 e 31.

Da parte angolana, a cerimónia foi testemunhada pelo Ministro de Estado para Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, pelo Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, entre outros responsáveis.

Pela BP, estiveram presentes o Presidente do Conselho Executivo cessante, Bob Dudley, e o seu sucessor, Bernard Looney.

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) é a entidade concessionária, reguladora e fiscalizadora do sector.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 20/01/2020 22:11:00

    Huíla: Vendedores querem energia e água no mercado informal do Mutundo

    Lubango - A falta de energia da rede pública, água corrente, assim como os "excessos" da fiscalização e insistência de alguns comerciantes em venderem a beira das estradas, são algumas das dificuldades apresentadas hoje, segunda-feira, nesta cidade por vendedores do mercado informal do Mutundo, maior do sul de Angola, fixado no Lubango, ao governador da Huíla, Luís Nunes.

  • 20/01/2020 15:37:14

    MOSAP II apoia agricultura familiar com AKz 156 milhões

    Malanje - Cento e 56 milhões de kwanzas começaram a ser empregues, desde Outubro de 2019, pelo Projecto de Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP II), na aquisição de meios agrícolas e capacitação de duas mil famílias camponesas, visando o aumento da produção na presente campanha agrícola 2019/2020.

  • 19/01/2020 17:16:10

    Angola no Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíca

    Luanda - Uma delegação angolana, chefiada pela ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, é aguardada Segunda-feira, em Zurique, para participar na 50* Reunião Anual do Fórum Económico Mundial, a realizar-se de 21 a 24 de Janeiro em Davos, Confederação Suíça.