Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

27 Janeiro de 2020 | 12h59 - Actualizado em 27 Janeiro de 2020 | 13h42

Adidos devem ser "pivôs" para atraccão de investimento

Luanda - O secretário de Estado do Comércio, Amadeu Leitão Nunes, exortou hoje (segunda-feira), em Luanda, que os adidos comerciais devem desempenhar um papel importante na atracção e captação de investimento no exterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o responsável, os adidos comerciais no exterior deverão engajar-se na procura de oportunidades de investimento no mercado internacional, visando a diversificação económica e o almejado desenvolvimento de Angola.

Amadeu Leitão, que falava na abertura da acção de formação dos adidos comerciais recentemene nomeados, disse que a actividade destes funcionários facilita o intercâmbio entre as empresas e ajuda a identificar mercados que possam interessar a Angola, estabelecer contactos e mobilizar parceiros.

De acordo com o secretário de Estado, a formação dos indicados para exercer funções de adidos comerciais em várias partes do mundo vai fazer com que estes, com empenho diplomático, possam promover e captar para Angola os investimentos necessários ao desenvolvimento do país.

“A presente acção de formação marca uma nova etapa da diplomacia económica e comercial do país, após as transformações registadas nos serviços especializados de comércio no exterior, como eram as representações comerciais em consequência das condições económicas adversas que ainda atravessamos”, referiu.

A formação tem por objectivo dotar os participantes de conhecimentos sobre as políticas do Executivo angolano para a promoção dos produtos nacionais, aumento do volume das exportações e dar credibilidade à imagem de Angola, bem como as estratégias de atracção de financiamento e investimentos externos.

O mesmo visa igualmente aperfeiçoar e actualizar os conhecimentos dos participantes sobre o papel dos adidos comerciais nas missões diplomáticas.

Estão em formação adidos comerciais nomeados para China, Estdaos Unidos da América, Portugal/Espanha, Bélgica, Suíça, África do Sul, Ghana e Macau.

Oito quadros do Ministério do Comércio foram nomeados em Novembro do ano transacto para desempenharem as funções de adido comercial junto de algumas embaixadas de Angola, actividade que tinha sido suspensa em Agosto de 2019, por razões financeiras.

A acção formativa insere-se no Plano Nacional de Formação de Quadros (PNFQ), que visa o aperfeiçoamento das competências técnicas.

Assuntos Economia   Investimentos  

Leia também
  • 25/01/2020 11:08:15

    Código Mineiro dá mais credibilidade ao sector - Dirigente

    Saurimo - A entrada em vigor do Código Mineiro no país tem dado maior credibilidade ao sector dos recursos minerais, salvaguardando os aspectos fiscais e melhorar a gestão dos recursos mineiros, afirmou recentemente, em Saurimo (Lunda Sul), o secretário de Estado da Geologia e Minas, Jânio da Rosa Corrêa Victor.

  • 25/01/2020 00:06:16

    Processo de venda de casas, destaque da semana

    Luanda - O processo de venda livre de residências na centralidade do Zango 5, a partir das 0h00 do dia 27, constituiu o destaque da semana.

  • 24/01/2020 18:05:46

    Apresentado projecto do Pólo de Desenvolvimento Diamantífero

    Saurimo - O projecto do Pólo de Desenvolvimento Diamantífero do município de Saurimo, cidade capital da província da Lunda Sul, foi apresentado nesta quinta-feira, aos membros do governo local, numa cerimónia testemunhada pelo secretário de Estado de Geologia e Minas, Jânio da Rosa Corrêa Victor.